Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Justiça marca julgamento de Lula no caso do triplex para o dia 24 de janeiro

10 curiosidades sobre Hugh Hefner, o chefão da revista Playboy, falecido esta semana

Hugh Hefner entre suas coelhinhas. (Foto: Reprodução)

Todo mundo pode ter mil ideias sobre o que significa ser o fundador e o dono do império da Playboy.

1. Hugh Hefner nasceu em abril de 1926 em Chicago, serviu o Exército nos anos finais da Segunda Guerra Mundial, e trabalhou como redator na revista Esquire até 1953, quando saiu da publicação por lhe ter sido negado um aumento de US$5.

2. Ele levantou US$8 mil de 45 investidores para fundar a sua própria revista (“como a Esquire, só que melhor”, costumava dizer). A primeira edição de Playboy foi publicada em dezembro de 1953, com uma foto de Marylin Monroe nua.

3. O empresário chegou a ser preso em junho de 1963 por “vender literatura obscena” ao publicar fotos da atriz Jayne Mansfield nua. Um júri montado para julgar o caso não chegou a nenhuma conclusão e o empresário foi liberado.

4. Em 1965, ele criou a Playboy Foundation, fundação que investe em pesquisa da sexualidade humana e contra a censura de imprensa ao redor do mundo – durante toda sua carreira, Hefner doou e investiu em causas filantrópicas, dando apoio, por exemplo, ao movimento de direitos dos homossexuais. Atualmente, a Playboy Foundation se encontra num hiato.

5. Ele foi um produtor de cinema de filmes como “A Casa das Coelhinhas” (2008), “Um Tira da Pesada” (1987) e “As Garotas da Mansão da Playboy” (2005).

6. Desde 1988, quem controla seu império (que a partir dos anos 1970 foi centrado na revista) é sua filha Christie Hefner.

7. A logo de Playboy (o coelhinho com a gravata) só apareceu na segunda edição da revista, e foi escolhida por Hefner pela sua “conotação sexual e bem humorada”. Uma das suas idéias para o conceito da revista foi o de associar o sexo não com a prostituição, mas com a “girl next door”, ou seja, as garotas próximas ao leitor.

8. Ele entrevistou pessoalmente todas as “Garotas do Mês” escolhidas pela Playboy que tinham mais de 50 anos na época da publicação.

9. Ele tinha uma vida sexual ativa: Hefner confessou que com sua ex-namorada Crystal Harris fazia sexo pelo menos uma vez por semana e em várias ocasiões os dois estiveram acompanhados por uma outra garota.

10. Nos Estados Unidos a Playboy não faz tanto sucesso quanto no resto do mundo: Embora nos últimos anos a versão americana da revista tenha tido que sofrer algumas mudanças e reduções, as outras edições da revista pelo mundo fazem muito sucesso e são a maior parte do lucro do império de Hefner.

Além destas curiosidades, Hefner colecionava algumas outras. Dizia não ter planos sobre quem herdaria sua herança quando morresse, embora tivesse filhos e sobrinhos.

E, como todo galã, Hefner recebia várias cartas de admiradores de todo o mundo, homens e mulheres. Ele dizia que primeiro olhava as fotos, e se gostasse chamava as pessoas para que o visitassem em sua mansão.

Deixe seu comentário:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.