Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Líder de facção criminosa é preso em Cachoeirinha

A Apple cancela o projeto do carregador sem fio AirPower

AirPower seria capaz de carregar até três dispositivos Apple ao mesmo tempo. (Foto: Divulgação/Apple)

A Apple decidiu cancelar definitivamente o projeto de criação do AirPower, carregador sem fio que seria capaz de carregar até três aparelhos ao mesmo tempo, incluindo o iPhone e outros acessórios da marca. A informação foi confirmada pela fabricante ao site TechCrunch. De acordo com a publicação, o motivo do cancelamento seria a dificuldade em encontrar um padrão de qualidade compatível com os produtos da marca.

Segundo o site americano, o problema estaria relacionado ao armazenamento de energia necessária para carregar três aparelhos ao mesmo tempo. A alta carga reunida nos três blocos do pequeno dispositivo poderia causar superaquecimento tanto no próprio dock quanto nos aparelhos que estariam sendo carregados.

Em e-mail enviado ao TechCrunch, Dan Riccio, vice-presidente sênior de Engenharia de Hardware da Apple, pediu desculpas ao público que aguardava pelo gadget. “Depois de muito esforço, concluímos que o AirPower não atingirá nossos altos padrões e, por isso, cancelamos o projeto. Pedimos desculpas aos clientes que aguardavam esse lançamento. Continuamos acreditando que o futuro é sem fio e estamos comprometidos em levar adiante a experiência wireless”, afirmou.

O cancelamento teria sido feito repentinamente, já que os novos AirPods, lançados no dia 20 deste mês, trazem na sua caixa uma ilustração mostrando que eles poderiam ser carregados no AirPower.

O AirPower foi anunciado em setembro de 2017, junto com os iPhones X, 8 e 8 Plus, primeiros celulares da maçã habilitados a receber energia sem fio. O dispositivo teria um formato de “tapete” e trabalharia com o padrão Qi, o mesmo usado na maioria das bases existentes no mercado. Mas seu principal diferencial seria a possibilidade de carregar até três dispositivos ao mesmo tempo, sendo eles iPhones, os relógios Apple Watch ou os fones de ouvido AirPods.

Na época do anúncio, a previsão de lançamento do AirPower seria o ano de 2018, com expectativa entre maio e junho. No entanto, o projeto foi adiado para o mês de setembro daquele ano, tendo justamente o superaquecimento como principal motivo de atraso. Em setembro, durante o lançamento anual dos seus novos dispositivos, a Apple também ignorou o dispositivo.

Deixe seu comentário: