Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > Empresários recuam em onda de apoio a Bolsonaro para não se expor

A Argentina sonha com a volta de Messi para os amistosos de novembro

A Argentina espera contar com o seu principal jogador o quanto antes. (Foto: Reprodução)

Fora da seleção argentina desde a pífia participação na Copa do Mundo, Lionel Messi é aguardado para disputar os dois amistosos com o México, no mês de novembro, que encerra a temporada da albiceleste.

Segundo a mídia local, o técnico Lionel Scaloni goza de simpatia do camisa 10 e o bom relacionamento entre eles pode ser fundamental para o seu regresso.

Outro ponto que pode ajudar o retorno de Messi é que uma das partidas pode ser disputada na cidade de Rosario, local de nascimento do craque. Sendo assim, ele ficaria com o ‘coração mole’ e seria mais fácil de ser convencido.

Apesar das especulações, a única certeza é que a Argentina espera contar com o seu principal jogador o quanto antes. Os amistosos servem de preparação para a disputa da Copa América 2019, que será realizada no Brasil e a presença de Messi é dada como certa.

Enquanto o jogador do Barcelona não volta a vestir a camiserta da Argentina, o selecionado albiceleste teve um desafio nesta quinta contra o Iraque. E, na semana que vem, o rival a ser enfrentado será o Brasil.

Amistoso contra o Iraque

Para esquecer a decepcionante participação na Copa do Mundo, A Argentina começa a dar os seus primeiros passos em busca da sua total reformulação da equipe. Nesta quinta-feira, a equipe que ainda não possui um treinador fixo e vem sendo treinada por Lionel Scaloni interinamente, bateu o Iraque pelo placar de 4 a 0, em partida realizada em Riade, na Arábia Saudita.

O gol que abriu o caminho da vitória do país bi-campeão mundial foi marcado por Lautaro Martínez, aos 16 minutos do primeiro tempo. O jovem atacante, que atualmente defende a inter de Milão e realizou a sua primeira partida como titular de seu país, se antecipou da defesa no cruzamento vindo da esquerda feito por Mercado e testou firme para o fundo do gol.

Na segunda etapa, os argentinos seguiram sem encontrar tantos problemas e conseguiram dobrar a vantagem logo aos sete minutos, quando Dybala fez bela jogada individual e encontrou Roberto Pereyra que finalizou firme para tirar do alcance do goleiro e ampliar a vantagem.

O placar foi ampliado novamente aos 33 minutos, quando o zagueiro Pezzella subiu mais que a zaga adversária e desviou de maneira certeira o escanteio tirando do alcance do goleiro adversário. Aos 43 minutos, Cervi apareceu com velocidade, faz uma linda jogada individual e tirou bem do goleiro para fechar a goleada por 4 a 0.

Após a vitória tranquila, a seleção argentina foca agora na sua preparação para o duelo contra a Seleção Brasileira, que acontece na Arábia Saudita, às 15h (de Brasília), na próxima terça-feira.

Deixe seu comentário: