Últimas Notícias > Notícias > Confira a programação de shows com entrada franca durante os nove dias de Expointer

Maria Fernanda Cândido rouba a cena no Festival de Cinema de Cannes

O longa do qual a brasileira faz parte foi selecionado para concorrer à Palma de Ouro. (Foto: Reprodução)

Uma estreia mundial merece uma produção à altura, ainda mais quando esse lançamento é no Festival de Cannes, um dos principais do mundo quando o assunto é cinema. E assim fez a atriz Maria Fernanda Cândido para lançar, nesta quinta-feira (23), no balneário francês, o filme “O Traidor”, do cineasta Marco Bellocchio.

O longa-metragem é baseado na história real de Tommaso Buscetta, e nele Maria Fernanda interpreta a esposa do mafioso. O filme concorre à Palma de Ouro na mostra competitiva do festival.

“Maria Cristina é uma sobrevivente. Viveu experiências difíceis ao lado do marido, foi torturada e suportou o machismo e a violência da cosa nostra“, conta a atriz sobre sua personagem.

Maria Fernanda vibra com a chance de levar a Palma de Ouro com esse trabalho, que tem estreia prevista no Brasil apenas no segundo semestre de 2019.

“O Festival de Cannes nos brinda, ano após ano, com o melhor do cinema mundial. Fazer parte de um filme que está concorrendo na mostra competitiva é de uma alegria absoluta. Estar entre os selecionados já é uma vitória. Marco Bellocchio é um dos cineastas mais admirados e respeitados da Europa. Quando ele me escolheu para interpretar a personagem Maria Cristina, me senti lisonjeada e ao mesmo tempo senti um frio na barriga”, vibra ela.

Convidada pela grife Christian Dior para passar pelo tapete vermelho do Festival de Cannes com um vestido-síntese das novas tendências da moda francesa, Maria Fernanda mal teve tempo para contabilizar os inúmeros elogios que recebeu após a exibição do filme “O Traidor”.

Entre os elogios em Cannes, um dos mais entusiasmados veio do ator italiano Pierfrancesco Favino, que interpreta o mafioso Tommaso Buscetta (1928-2000), o protagonista do longa-metragem dirigido por Marco Bellocchio

“É uma atriz muito generosa com os colegas e ficava sempre falando comigo sobre os rumos que podíamos dar aos personagens na construção deles com Bellocchio. Fora que ela é dona de uma das belezas mais estonteantes já vistas no cinema”, disse Favino.

No festival, o desempenho de Pierfrancesco Favino no longa é uma unanimidade. O astro italiano, inclusive, deve levar o prêmio de melhor ator deste ano. E parte de sua força vem da química em cena com a atriz brasileira.

“Às vezes, neste filme, me pergunto se a Maria Cristina reavalia as escolhas que tomou em nome desse amor, por quem ela desafiou tudo. A história deles é uma história sobre lealdade na vida a dois”, disse o ator durante as filmagens. 

 

Deixe seu comentário: