Últimas Notícias > CAD1 > O Inter anunciou a entrada gratuita para os sócios do clube no duelo contra o Guarani-SP pela última rodada da Série B, no próximo sábado

A atriz Luiza Brunet e o ex-marido, o empresário bilionário gaúcho Lírio Parisotto, se cumprimentaram no foro, mas a audiência de conciliação fracassou

Luiza Brunet com o então companheiro Lírio Parisotto. (Foto: Folhapress)

A atriz Luiza Brunet se reencontrou com o ex, Lírio Parisotto, na segunda (11), na 4ª Vara da Família e Sucessões. Os dois se cumprimentaram de forma polida – mas a audiência de conciliação entre eles foi um fracasso.

Brunet alega que foi casada com o empresário. Numa conversa inicial antes do processo, chegou-se a falar na possibilidade de ela receber R$ 100 milhões. Os advogados de Parisotto, no entanto, não concordaram. E seguem sustentando que não é “possível transformar um namoro em união estável só para alcançar um objetivo financeiro inexistente”.

Relembre o caso

Luiza Brunet, de 54 anos, afirmou que foi agredida e que teve costelas quebradas pelo companheiro, o empresário Lírio Albino Parisotto, em Nova York, nos Estados Unidos no dia 21 de maio de 2016. Após o episódio, a atriz e modelo se separou dele, com quem tinha uma união estável, informou sua assessoria de imprensa.

Com a repercussão do caso, por meio de nota, Parisotto afirmou na ocasião que “lamenta versões distorcidas” que serão esclarecidas “nas esferas legais”. “Neste momento, venho a público lamentar que versões distorcidas sobre um episódio ocorrido na intimidade estejam sendo divulgadas como única expressão da verdade. Embora compreenda a natural repercussão do caso pelas pessoas envolvidas, tenho a convicção de que no momento e nas esferas legais apropriadas todas as circunstâncias serão plenamente esclarecidas”, dizia a nota.

O empresário Lírio Albino Parisotto, de 62 anos, está proibido de aproximar e de manter contato com a ex-mulher, Luiza Brunet, de 54 anos, de acordo com o Ministério Público de São Paulo. A atriz e ex-modelo afirmou que foi agredida e que teve costelas quebradas pelo companheiro em Nova York, nos Estados Unidos no último dia 21 de maio. Parisotto diz que lamenta ‘versões distorcidas’ do episódio ocorrido na intimidade e que vai prestar esclarecimentos nas esferas legais.

Parisotto afirmou em sua conta do Instagram que já havia sido agredido anteriormente por Brunet em um passeio de barco. Segundo ele, a agressão, que aconteceu no ano passado, “resultou em um ferimento que precisou de 10 pontos no hospital”.

União estável

A modelo ainda move contra o ex-companheiro uma ação com pedido de reconhecimento e dissolução de cinco anos de união estável, condição negada por ele.

De acordo com o advogado de Luiza Brunet, Pedro Egberto da Fonseca Neto, eventual partilha de bens do casal só seria discutida depois do julgamento da ação pedindo o reconhecimento da união.

A defesa de Parisotto argumenta que o relacionamento do casal foi eventual e acusa a atriz de buscar o reconhecimento da união na Justiça apenas para dilapidar o patrimônio do empresário, que é fundador da empresa Videolar-Innova S/A. (Folhapress/AG)

Deixe seu comentário:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.