Últimas Notícias > Notícias > Brasil > “Reforma administrativa vai demorar um pouquinho mais ainda”, afirma Bolsonaro

A cada hora, uma criança ou adolescente morre por arma de fogo no Brasil

O porte de armas já é proibido no Legislativo federal: no Senado desde 1904 e na Câmara dos Deputados desde 1989. (Foto: Reprodução)

Uma criança ou adolescente morre a cada 60 minutos no Brasil, por ferimento de arma de fogo. O dado foi divulgado nesta terça-feira (20) e faz parte de um levantamento da Sociedade Brasileira de Pediatria. Ainda conforme o estudo, apenas no ano de 2016, foram registrados 9.517 óbitos de crianças ou jovens, no País.

Em uma análise retroativa, entre 1997 e 2016, morreram mais de 145 mil menores de 19 anos, em função de disparos. O índice inclui atos acidentais ou intencionais e casos de homicídio e suicídio.

Outra informação trazida pela pesquisa é de que, a cada duas horas, uma criança ou adolescente ferido por disparo de arma de fogo dá entrada em um hospital da rede pública de saúde. Somente jovens de até 19 anos, foram internados mais de 95 mil, no Sistema Único de Saúde (SUS), entre 1999 e 2018.

O levantamento considerou dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade do Ministério da Saúde, de 2016, ano mais recente disponível.