Últimas Notícias > Colunistas > Em Santa Maria, Bolsonaro reafirmou apoio à flexibilização da posse de armas

Casa de Cultura Mario Quintana, em Porto Alegre, tem inscrições abertas para uma oficina de atuação teatral

Instituição também recebe mais uma edição do curso de fotografia com celulares. (Foto: Divulgação/CCMQ)

Nas noites de 4 e 20 de junho, a CCMQ (Casa de Cultura Mario Quintana) recebe a oficina “Atuação em 1ª Pessoa – Histórias, Corpos e Identidades”, ministrada por Iassanã Martins e Diego Nardi. A atividade, que será realizada às terças e quintas-feiras (19h30 às 21h30min), já tem inscrições abertas.

As aulas serão ministradas na sala Hermes Mancilha, no 4º andar da CCMQ – Rua dos Andradas nº 736 (entre a João Manoel e a Bento Martins), no Centro Histórico da Capital gaúcha.

“Trata-se de um exercício de criação para atrizes e atores, movidos por suas histórias, seus corpos e identidades”, explica o texto publicado no site da instituição. “É voltada para atores, atrizes, estudantes de teatro e pessoas interessadas no trabalho da atuação.”

Para informações sobre valores e outros detalhes, os interessados devem mandar entrar em contato pelo telefone (51) 98229-9376 ou então pelo e-mail e-mail aulasdeatuacao@gmail.com.

O programa do curso foi elaborado a partir dos trabalhos desenvolvidos pela atriz Iassanã Martins e seu colega Diego Nardi, como parte de suas pesquisas de mestrado no Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul).

De acordo com a dupla, o teatro contemporâneo manifesta o desejo pelo real, como uma forma de dialogar com as pessoas, com o mundo e com a história. “Essa oficina propõe o trabalho de uma atuação em primeira pessoa, o uso de materiais biográficos em cena e criações a partir de questões comunitárias e identitárias”, detalha a dupla.

Atriz e professora formada pelo DAD (Departamento de Arte Dramática) da UFRGS, Iassanã Martins é mestre e doutoranda pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da instituição. Ele iniciou a sua formação artística em 2006 na escola Tem Gente Teatrando, de Caxias do Sul, e desde então desenvolve um trabalho que contempla teatro, performance, iluminação e cinema, dentre outros aspectos.

Também formado e mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas pelo DAD/UFRGS, o ator e produtor Diego Nardi iniciou a sua carreira no teatro em 2003, igualmente em Caxias do Sul. Em 2009, passou a residir em Porto Alegre, onde realizou a sua formação acadêmica e estreou em 2013 no espetáculo “Cidade Proibida”, da Companhia Rústica de Teatro.

Integrou, ainda, o elenco dos espetáculos da Fundação Thiago de Moraes Gonzaga e de Teoria Bang Bang, com o qual foi indicado ao Prêmio Açorianos de Teatro, categoria “Revelação”.

Fotografia com celular

Outra atração preparada pela CCMQ é a “Oficina de Fotografia com Celular”, que ganha mais uma edição neste sábado, das 13h às 19h. A atividade, ministrada por Rennan Mager, tem por objetivo familiarizar o participante à produção de imagens por meio de smarphones e similares, destacando vantagens e limitações dos dispositivos portáteis.

“A ideia é que todos passem a produzir fotografias ainda melhores, mesmo com equipamentos relativamente limitados em comparação a câmeras dedicadas”, antecipa Mager. Dentre os conteúdos, fotometria, ajustes manuais, foco e desfoque, contraste, quantidade de luz, subexposição e superexposição, exposição padrão, luz e sombra, intensidade luminosa, contraste, contraluz, composição, proporção, enquadramento e efeitos diversos.

Publicitário formado pela UFRGS, Mager trabalha em fotografia desde 2007 e domina os processos analógicos e digitais de captação da imagem. Professor convidado pela Universidade entre 2014 e 2016, atuou no desenvolvimento e reformulação de cursos de extensão e materiais didáticos junto à instituição, além de ministrar cursos e workshops na área.

Informações adicionais e inscrições podem ser obtidas pelo telefone (51) 99627-1301 ou e-mail rennanmager@hotmail.com.

(Marcello Campos)

Deixe seu comentário: