Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Supremo autoriza Procuradoria-Geral da República a analisar maletas antigrampo apreendidas no Senado em 2016

Entenda por que o próximo Oscar pode não ter apresentador

Kevin Hart fala do Oscar no programa de Ellen. A desistência do comediante aconteceu após polêmica provocada por tuítes homofóbicos. (Foto: Divulgação/Warner)

O Oscar 2019 não terá um apresentador oficial, segundo a revista “Variety”. A decisão da Academia, segundo a publicação, foi tomada após Kevin Hart anunciar que não seria mais o apresentador. A desistência do comediante aconteceu após polêmica provocada por tuítes homofóbicos de Hart.

A edição do dia 24 de fevereiro seria o primeiro Oscar sem apresentador desde 1989. A cerimônia também não teve uma celebridade no comando em 1939, 1969, 1970 e 1971.

Os produtores da cerimônia, segundo a “Variety”, querem escalar várias celebridades “do primeiro time” em vez de apostar em um só apresentador. A cerimônia também pretende investir em performances musicais de prováveis indicados, como Lady Gaga.

Vingadores

Uma grande reunião dos atores que interpretam os Vingadores, time de super-heróis da Marvel, pode acontecer no Oscar 2019, que será realizado no dia 24 de fevereiro. É o que diz o “The Hollywood Reporter”.

Segundo o veículo, os produtores da cerimônia estão correndo para tentar agendar participações do maior número possível de astros da Marvel para a cerimônia. A reunião serviria como uma das estratégias para “tapar o buraco” da falta de apresentador do Oscar 2019, após a saída polêmica do comediante Kevin Hart do cargo.

O elenco de astros da Marvel se expandiu consideravelmente desde então. Em “Vingadores: Guerra Infinita”, atores como Josh Brolin (Thanos), Chris Pratt (Senhor das Estrelas), Zoe Saldana (Gamora), Chadwick Boseman (Pantera Negra), Letitia Wright (Shuri) e Benedict Cumberbatch (Doutor Estranho) fizeram suas estreias em filmes da franquia do supergrupo.

Além deles, vale lembrar que nomes como Scarlett Johansson (Viúva Negra), Elizabeth Olsen (Feiticeira Escarlate), Paul Bettany (Visão), Chris Hemsworth (Thor), Tom Hiddleston (Loki), Tessa Thompson (Valquíria) e Brie Larson (Capitã Marvel) fazem parte do arsenal de astros da editora.

“Marighella” é selecionado para o Festival de Cinema de Berlim

O filme “Marighella”, dirigido por Wagner Moura e com Seu Jorge no papel principal, foi selecionado para a mostra principal do Festival de Berlim 2019, que ocorre na capital alemã de 7 a 17 de fevereiro. A produção terá sua estreia mundial no evento e está fora da competição.

Produzida pela O2 filmes, a estreia de Wagner Moura atrás das câmeras conta a história do guerrilheiro que lutou contra a ditadura militar brasileira. Além de Seu Jorge, tem no elenco Adriana Esteves, Bruno Gagliasso, Jorge Paz, Luiz Carlos Vasconcelos e Humberto Carrão.

O filme é orçado em R$10 milhões e é inspirado no livro “Marighella — O Guerrilheiro que Incendiou o Mundo”, do jornalista Mário Magalhães, lançado originalmente em 2012 pela Companhia das Letras.

Militante comunista desde a juventude, deputado federal constituinte e fundador do maior grupo armado de oposição à ditadura militar, a Ação Libertadora Nacional, Marighella nasceu em Salvador em 1911, era também poeta e acabou virando letra de música de Caetano Veloso e dos Racionais MC’s. Ele foi assassinado em 1969 numa ação comandada pela ditadura, em São Paulo. Marighella deve chegar aos cinemas brasileiros no dia 18 de abril de 2019.

Deixe seu comentário: