Últimas Notícias > CAD1 > “Nunca estivemos tão próximos”, diz presidente Romildo sobre a compra da gestão da Arena

Cinemateca Capitólio recebe concerto de música clássica neste sábado

Apresentação está marcada para a 11h30min, com entrada franca. (Foto: Betina Carcuchinski/PMPA)

Em seu quinto ano de atividades, o já tradicional projeto “Concertos Capitólio” recebe na manhã deste sábado o Quinteto d’Arco, grupo instrumental voltado à música clássica. A apresentação está marcada para as 11h30min na cinemateca Capitólio-Petrobrás, na esquina da avenida Borges de Medeiros com rua Demétrio Ribeiro, no Centro Histórico de Porto Alegre.

O programa destacará peças do austríaco Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) e do alemão Felix Mendelssohn-Bartholdy (1809-1847), interpretadas por Brigitta Calloni (violino), Giovani dos Santos (violino), Hella Frank (viola), Leonardo Bock (viola) e Martina Ströher (violoncelo). A entrada custa R$ 20 (inteira), com meia-entrada para as categorias previstas em lei.

Composições

– “Quinteto de Cordas em Sol Menor – KV516” (Mozart): Allegro, Menuetto Allegretto, Adagio Ma Non Troppo e Adagio-Allegro.

– “Quinteto de Cordas n°2, Op. 87 (Mendelssohn-Bartholdy), em si-bemol maior: Allegro Vivace, Andante Scherzando, Agagio e Lento e Allegro Molto Vivace.

Músicos

Brigitta Calloni cursou o bacharelado na UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) e seguiu os estudos na Universidade Mozarteum, em Salzburg (Áustria), depois na Michigan State Universtity (EUA). Integrou orquestras no Brasil e nestes dois países, participando de concertos em diversos continentes. Atualmente atua na Ospa (Orquestra Sinfônica de Porto Alegre) e leciona violino no Instituto Popular de Arte e Educação.

Giovani dos Santos é bacharel em Música pela UFRGS e já gravou com diversas orquestras. Atualmente é violinista na Sphaera Mundi Orquestra, Orquestra de Câmara da Ulbra (Universidade Luterana do Brasil), Spalla da Orquestra de Câmara Theatro São Pedro e Spalla, além de professor-titular da Orquestra Sinfônica de Carazinho. Venceu o Concurso Jovens Solistas da Fundarte 2010, executando o Concerto em Sol Maior (Joseph Haydn), dentre outras façanhas.

Hella Frank é professora de violino, viola e música de câmara na UFRGS e atua intensamente na cena camerística, como membro do Trio “Elas por Elas”, que se dedica à difusão de música criada por compositoras. Já se apresentou em concertos e festivais de música no Brasil, Uruguai, Alemanha, Suíça, Rússia, Holanda e Estados Unidos, onde estudou em Boston. Durante 18 anos, coordenou o Programa de Extensão do Departamento de Música da UFRGS. e é cofundador da Associação Brasileira de Violistas.

Leonardo Bock, por sua vez, iniciou seus estudos de violino em 1999 e, desde então, participou de diversos festivais e cursos nacionais e internacionais. Em 2015, formou-se no curso de Bacharelado em Música (Violino) na UFRGS e posteriormente se especializou na Universidade da Georgia (EUA), além de se aprimorar na Alemanha. Atualmente integra o naipe de primeiros violinos da Ospa.

Já Martina Ströher iniciou seus estudos musicais no violoncelo aos 9 anos e estudou na Escola de Música da Ospa. Já colaborou com a Ospa, Orquestra do Sesi e Orquestra Metropolitana de Lisboa (Portugal), dentre outras. Frequentou master classes e aulas particulares em Chicago (EUA). É graduada no curso de instrumentista de orquestra (especialidade violoncelo) pela Academia Nacional Superior de Orquestra de Lisboa e trabalhou na Orquestra Sinfônica Brasileira de 2008 a 2018. Atualmente integra a Ospa.

(Marcello Campos)

Deixe seu comentário: