Sexta-feira, 13 de Dezembro de 2019

Porto Alegre
Porto Alegre
20°
Mostly Cloudy

Capa – Caderno 1 A Dell pode lançar um aparelho com tela dupla dobrável e Windows 10

Suspense: Por enquanto o produto não passa de um rumor, ou apenas um conceito. (Foto: Reprodução)

De acordo com informações do site WinFutrure.de, a Dell estaria trabalhando em um dispositivo ARM, que pode ser um smartphone, com tela dupla dobrável e Windows 10 como sistema operacional. Apelidado de Januss, o dispositivo deve contar com um processador Snapdragon 850.

Parece que o desenvolvimento já vem acontecendo desde meados do ano passado, mas não há nada de concreto, ainda, quanto a uma possível data de lançamento. Portanto, por enquanto o produto não passa de um rumor, ou apenas um conceito.

Pelas imagens, não fica claro se o aparelho é mesmo um smartphone dobrável com uma versão mobile do SO da Microsoft, também podendo se tratar de um híbrido, mesclando funcionalidades de um notebook com um smartphone. Mas vale lembrar que, no ano passado, o CEO da Microsoft, Satya Nadella, disse que a empresa lançaria smartphones que não se pareceriam com smartphones, ao menos não com o design que estamos acostumados a ver em um aparelho do tipo.

Microsoft aumenta valor de mercado

Com crescimento significativo nos últimos meses, a Microsoft conseguiu um feito importante: superar o Google em valor de mercado depois de três anos. A mudança de posições ocorreu na terça-feira apesar de uma redução de 0,4% no valor das ações da companhia.

Com a queda, as ações foram vendidas por US$ 98,01 e a Microsoft passou a valer US$ 749 bilhões. Ao mesmo tempo, uma queda de 1,5% fez as ações de classe A do Google passarem a valer US$ 1.068,07. A empresa terminou o dia valendo R$ 739 bilhões.

O que explica a diferença do valor de cada ação é o número de cotas: a Microsoft tem cerca de 7,6 bilhões e o Google, 737 milhões (somando ações das classes A e C). A empresa fundada por Bill Gates agora é a terceira maior com capital aberto e fica atrás apenas da Apple e da Amazon.

No último ano, a Microsoft cresceu cerca de 40%. Em 30 de maio de 2017, as ações da companhia valiam US$ 70,41. No mesmo período, as ações de classe A do Google valiam US$ 996,12. 

O crescimento foi alcançado em um período em que a Microsoft expandiu seu setor de computação em nuvem, reorganizou seu setor voltado ao Windows e destinou mais recursos para outras áreas. Apesar da boa notícia para a Microsoft, é bem provável que as duas empresas passem a trocar de posições com mais frequência.

Acusação

A Microsoft está sendo acusada de demitir uma equipe de funcionários de suporte do Xbox para substituir por um grupo de fãs voluntários do console. Conforme relata o Polygon, cerca de 12 pessoas perderam o emprego no início do mês.

A equipe era responsável por responder as perguntas de suporte feitas através da conta do Twitter @XboxSupport. Apesar de os funcionários serem contratados pela empresa Affirma Consulting, eles trabalhavam diretamente nos escritórios da Microsoft.

A conta do Xbox Suporte do Twitter tem mais de um milhão de seguidores. Antes de 18 de maio, a conta respondia diretamente a dezenas de consultas todos os dias, totalizando mais de 2,9 milhões de tweets. Porém, nas últimas semanas, a conta limitou-se a retuitar as mensagens da conta do Xbox Ambassadors.

Voltar Todas de Capa – Caderno 1

Compartilhe esta notícia:

O governo federal agora pede multa de 340 milhões de reais a transportadoras
O governo praticamente acaba com o incentivo aos exportadores para bancar o pleito dos caminhoneiros
Deixe seu comentário
Pode te interessar