Últimas Notícias > Notícias > Brasil > O general Hamilton Mourão gostaria de disputar a reeleição, mas não vê problema se Bolsonaro escolher outro vice

Justiça americana manda prender lutador brasileiro Ralph Gracie

O lutador Ralph Gracie alegou que houve agressões mútuas. (Foto: Reprodução)

A Justiça norte-americana determinou a prisão do lutador brasileiro Ralph Gracie por ter agredido Flávio Almeida durante um torneio de jiu-jitsu na Califórnia (EUA) em dezembro do ano passado. A gravação de uma luta mostra ao fundo Ralph Gracie aplicando uma golpe na vítima, que é diretor executivo nos Estados Unidos da Gracie Barra, uma associação de escolas de arte marcial.

A informação foi revelada pelo site norte-americano especializado Jiu-jitsu Times. Há inclusive a publicação de um trecho da decisão da Justiça da Califórnia. A agressão cometida por Ralph Gracie levou Flávio Almeida a ter convulsão e perder alguns dentes. Ele publicou uma foto no Instagram sem os incisivos.

Agressões mútuas

A ordem de prisão ainda estipula fiança de 50 mil dólares. Além de Ralph Gracie, foi determinada a prisão do aluno dele Lincoln Pereira. Em sua manifestação à Justiça, o lutador alegou que houve agressões mútuas e que as imagens não captaram a íntegra do que aconteceu.

A briga também teve repercussões esportivas para Ralph Gracie. Ele foi proibido de competir, atuar como técnico e até entrar em eventos da categoria. O site Jiu-jitsu Times escreveu que o contexto da briga é uma disputa entre a academia do lutador e a filial da Gracie Barra em São Francisco.

Testemunhas

Em dezembro do ano passado, Márcio Feitosa, que trabalha na academia e é cunhado da vítima, não estava no local, mas disse que conversou com testemunhas e relatou que além da cotovelada, “Cachorrinho”, como é conhecido Flávio Almeida, foi acertado por chutes no rosto. O membro da Gracie Barra, em nenhum momento, citou o nome de Ralph e qualquer outra pessoa envolvida no caso por questões relacionadas ao processo e a investigação da confusão ocorrida na Califórnia.

O Flávio estava lá como professor de alguns atletas que ele trouxe do Arizona. Ele estava passando instruções para alguns garotos. Naquela área que eles estavam só entra faixa-preta. Eu não estava presente, então, muito do que eu sei foi através do vídeo, que todos viram, e das testemunhas que estavam lá. A pessoa chegou (Ralph), apertou a mão do Flávio, todo mundo cresceu junto, amigos do Jiu-Jitsu. O Flávio totalmente relaxado, no vídeo dá pra ver, e o cara deu uma cotovelada na boca que arrancou dois dentes da frente dele. O agravante, segundo o que as testemunhas falaram, foi que uma outra pessoa chutou a cabeça dele (Flávio) e o cara (Ralph) também chutou a cabeça de volta”, disse.

Deixe seu comentário: