Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > Os jovens têm motivos para estarem indignados com a igreja, disse o papa

A Justiça norte-americana mandou a atriz Angelina Jolie aumentar o tempo de permanência do ex-marido Brad Pitt com os seis filhos do casal

A atriz manterá a guarda principal das crianças. (Foto: Reprodução)

Quase dois anos após o divórcio dos atores norte-americanos Brad Pitt e Angelina Jolie, uma ordem judicial determinou que ela aumente o contato do ex-marido com os seis filhos do casal. Caso contrário, poderá perder a guarda das crianças. Os termos da decisão, emitida na semana passada, foram divulgados nessa quarta-feira pela rede de TV CNN, que obteve acesso ao documento.

De acordo com a emissora, a mãe (43 anos) também foi obrigada a esclarecer para os filhos que a ausência de um relacionamento regular entre eles e o pai (54 anos) é prejudicial para a família. Terá, ainda, que dizer a eles que estão “seguros na presença de Brad, pois é fundamental manter um relacionamento saudáveis com ambos”.

A ordem descreve um cronograma de custódia compartilhada para o verão, durante o qual as seis crianças dividirão o seu tempo entre as cidades de Los Angeles (Estados Unidos) e Londres (Inglaterra). Caberá à Angelina a guarda física principal, mas Brad passa a ter acesso telefônico irrestrito aos filhos Maddox (16 anos), Pax (14), Zahara (13), Shiloh (12) e os gêmeos Knox e Vivienne (9).

O documento faz a ressalva que o acordo de custódia pode sofrer mudanças. “Se os filhos mais novos permanecerem distantes do pai, dependendo das circunstâncias que cercam essa condição, isso pode resultar em uma redução do tempo que eles passam com Angelina Jolie ou até mesmo em uma ordem do tribunal para conceder a guarda física primária a Brad Pitt”, diz a decisão.

O casal estava junto desde 2004 e oficializou o casamento dez anos depois. De acordo com reportagens da época, a separação – anunciada em 2016 – foi causada por divergências em relação aos filhos. Representantes dos dois atores não comentaram o caso.

Detalhes

Pena decisão judicial, o ator poderá ligar ou enviar mensagens para cada um dos filhos quando quiser, sem a supervisão da ex-mulher. O juiz também determinou o tempo em que o pai poderá ficar com as crianças. Ele verá as crianças em Londres por dez dias, do início até meados de junho, podendo ficar com um ou dois filhos de cada vez durante quatro horas por dia. No fim do mês, ele terá dez horas por dia.

Para o mês de julho, a regra é a seguinte: do começo à metade do mês, ele poderá permanecer com os filhos durante quatro dias seguidos. No fim do mês, eles estarão de volta a Los Angeles por cerca de uma semana.

Um psicólogo infantil deverá acompanhar Brad Pitt enquanto ele visita os filhos na capital britânica. Quando estiverem acompanhados do pai, Angelina Jolie só poderá telefonar para eles uma vez por dia. O adolescente Maddox, 16 anos e mais velho da prole, decidirá por conta própria por quanto tempo deseja ficar com o pai.

Deixe seu comentário: