Últimas Notícias > Atividades Empresariais > Gastrobar com inspiração na culinária portuguesa inaugura em Porto Alegre

Damares convida solteiros de ministério para arrumarem casamento em arraial

Segundo Damares, a festa "é uma oportunidade única" para a integração da equipe. (Foto: Carolina Antunes/PR)

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, resolveu ousar na gestão dos recursos humanos. Ela divulgou um vídeo para a equipe da sua pasta, a quem ela trata como “família do ministério”, convocando para um forró de festa junina na próxima sexta-feira (05).

Segundo Damares, “é uma oportunidade única” para a integração da equipe, mas é também uma “oportunidade única para casar”. “Você que está solteiro aí, você que está solteirona, tem uns gatos no ministério que estão chegando agora. Bora lá”, afirma ela no vídeo.

No fim da gravação, a ministra também diz que no arraial será sorteada uma viagem com acompanhante para Taguatinga (DF). As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Conselhos Tutelares

A fim de evitar a violência e os maus-tratos contra crianças e adolescentes, a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos disse, no mês passado, que quer fortalecer os Conselhos Tutelares. Na ocasião, Damares esteve com conselheiros tutelares de Samambaia, município a cerca de 30 quilômetros de Brasília, onde Rhuan Maycon da Silva, de 9 anos, foi atingido com uma facada no peito pela própria mãe e sua companheira.

“Quantas cenas como esta podem estar acontecendo em vários lugares?”, questionou a ministra. “Vamos ter que rever o nosso papel, fortalecer, apoiar mais os nossos conselheiros, instrumentalizá-los mais. Eu sei que eles fazem um grande trabalho, mas podemos melhorar”, acrescentou.

Para Damares, a pasta deve investir em equipamentos. “Vamos trabalhar em equipamentos, em mais carros, mais veículos, mais computadores”, disse a ministra. Ela complementou: “Temos casos no Brasil em que, infelizmente, o conselheiro tutelar atende de bicicleta. Já recebi imagem de conselheiro tutelar atendendo de jegue. Esse segmento precisa ser fortalecido”.

A visita aos conselhos é para “saber onde o Poder Público falhou na proteção das crianças”, explicou ela.

Damares Alves também comentou sobre a importância de que a sociedade brasileira esteja atenta e denuncie qualquer suspeita de violência. “O Conselho Tutelar é parceiro na luta na defesa da criança. Se não encontrar o Conselho Tutelar, procure um policial. Se não encontrar, procure o Disque 100. Estamos 24 horas com nossos canais abertos e atendemos em outros idiomas”, ressaltou a ministra.

Ainda de acordo com ela, crianças também podem acionar o Disque 100, caso elas mesmas, ou algum colega, estejam em situação de sofrimento.

Deixe seu comentário: