Últimas Notícias > Colunistas > Armando Burd > Sem acessório para esconder  

A polícia apreendeu drogas avaliadas em mais de 400 mil reais no Rio Grande do Sul

A apreensão dos entorpecentes ocorreu em Santa Maria. (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

A Polícia Civil prendeu em flagrante, na noite de terça-feira (15), um traficante de drogas em Santa Maria, na Região Central do Rio Grande do Sul. O indivíduo, abordado na entrada da cidade, no pórtico da Base Área, estava em um carro.

No interior do veículo, foram encontrados 4,2 quilos de crack e 6,3 quilos de cocaína. Conforme o delegado Sandro Meinerz, as drogas apreendidas foram avaliadas em aproximadamente 420 mil reais.

O homem possui antecedentes criminais por roubo, organização criminosa, receptação e adulteração de sinal identificador de veículo. Essa foi a segunda vez que o indivíduo foi preso em menos de 20 dias.

Porto Alegre

Agentes da 3ª Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa prenderam, na tarde de terça-feira, uma mulher por tráfico de drogas, associação para o tráfico e associação criminosa no bairro Rubem Berta, na Zona Norte de Porto Alegre.

Segundo a delegada Luciana Smith, os policiais civis realizavam diligências na região, que possui a maior incidência de homicídios em Porto Alegre, quando se depararam com a bandida, que, ao ser abordada, teve constatada a sua condição de foragida da Justiça. Ainda conforme a delegada, a mulher teve mandado de prisão preventiva decretado em razão de reincidência específica no tráfico de drogas.

Viamão

Na tarde de terça-feira, dois homens foram presos em flagrante por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo em Viamão, na Região Metropolitana de Porto Alegre. As prisões ocorreram no bairro Augusta.  Segundo o delegado Eduardo Limberger do Amaral, os indivíduos foram flagrados em atitude suspeita e fugiram ao avistarem os policiais, sendo capturados em seguida. Com eles, foram apreendidos um revólver calibre 38 com numeração raspada, cocaína, maconha, balança de precisão e dinheiro.

Deixe seu comentário: