Últimas Notícias > Colunistas > Policiais x Bolsonaro

A prefeitura e o governo do Estado farão ações conjuntas de segurança, turismo e transporte nos dias de jogos da Copa América em Porto Alegre

A EPTC detalhou as mudanças no trânsito em dias de jogos. (Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini)

Na manhã dessa quarta-feira, representantes da prefeitura de Porto Alegre e do governo gaúcho detalharam uma série de ações integradas nas áreas de segurança, turismo e transporte nos dias de jogos da Copa América em Porto Alegre. Serão cinco partidas disputadas na Arena do Grêmio, em junho (15, 20, 23 e 27) e julho (3).

O vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Viera Júnior, abriu o encontro – na sede da pasta – ressaltando que a expectativa é de um grande público visitante, inclusive de Argentina e Uruguai, países fronteiriços com o Estado e cujas Seleções estarão na cidade.

Ao relembrar a Copa do Mundo de 2014, que também teve jogos na capital gaúcha, o secretário estadual do Esporte e Lazer, João Derly, reforçou aspectos como o trabalho de integração das forças estaduais, municipais e federais em eventos de grande porte: “Estamos muito animados para fazer um bom papel fora do campo”.

Ele também destacou a iniciativa do “Ingresso Social”, promovida pela secretaria, que oferecerá gratuitamente 1,8 mil assentos para o confronto entre Venezuela e Peru (neste sábado). O lote inclui 900 entradas para 30 escolas estaduais e outras 900 para associações sociais e desportivas. A partida entre Uruguai e Japão, na quinta-feira que vem, também contará com sorteio de ingressos.

Turismo

Já no que se refere à acomodação dos turistas, o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico de Porto Alegre, Eduardo Cidade, lembrou que a rede hoteleira já registra 90% de ocupação, boa parte desse índice motivado pela Copa América. Além disso, uma ação conjunta entre os Executivos municipal e estadual está organizando o uso do Parque da Harmonia (Centro Histórico) como alternativa de para acampamento, de forma similar ao que ocorreu durante o Mundial de 2014.

Segurança

As ações de segurança para o torneio continental de Seleções estão distribuídas entre a BM (Brigada Militar), Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal, PRF (Polícia Rodoviária Federal) e IGP (Instituto Geral de Perícias). O efetivo disponível para essa finalidade é de aproximadamente 1,4 mil agentes de segurança.

Conforme o coordenador operacional do evento no Rio Grande do Sul, delegado Leonel Carivali, o padrão de segurança é semelhante ao estabelecido na Copa do Mundo. Em dias de jogos, haverá policiamento ostensivo dentro e no entorno do estádio, bem como em pontos turísticos e de festa.

Em dias de partidas da Seleção Brasileira, o Anfiteatro Pôr do Sol receberá a “Arena Nº 1”, estrutura montada para eventos comemorativos e com entrada gratuita. Este e outros locais contarão com a presença de agentes capacitados em dois idiomas.

Transporte

As mudanças de trânsito, transporte e outros aspectos de mobilidade urbana nos dias de partida serão coordenadas pela EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação) e Smim (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana).

A chegada à Arena pela alça de acesso da rodovia BR-448 será bloqueada quatro horas antes dos jogos. A avenida Padre Leopoldo Brentano estará segregada, com trânsito apenas de veículos credenciados para o evento. Para fazer o filtro, haverá bloqueio na rótula com a avenida A. J. Renner e também na rua Voluntários da Pátria.

(Marcello Campos)

Deixe seu comentário: