Últimas Notícias > Notícias > Brasil > A prévia da inflação oficial brasileira ficou em 0,58% e teve o melhor outubro desde 2015

A queda de um avião de pequeno porte em uma área residencial de Goiânia matou um bebê e deixou duas pessoas feridas

Certificado de voo da aeronave estava regular, segundo a Anac. (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros/GO)

Um avião de pequeno porte, prefixo PU-EFG, caiu sobre uma casa na tarde de sábado (11), no Setor Jardim Vista Bela, em Goiânia (GO). Havia três pessoas a bordo. Segundo o Corpo de Bombeiros, uma criança, de 1 ano, morreu. O pai dela, mecânico aeronáutico, e o piloto, ficaram feridos. As informações são do portal de notícias G1.

Ainda conforme os bombeiros, a criança foi identificada como Davi Andrade do Amaral. Ela foi levada o Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol) por terceiros. A unidade de saúde disse que a família não autorizou o repasse de informações.

Além de Davi, estavam na aeronave Nehru El-Aouar, de 59 anos, dono e piloto, e Reginaldo Ernane do Amaral, mecânico aeronáutico, e pai de Davi. Eles ficaram presos nas ferragens, resgatados e levados para o Hugol.

O piloto foi resgatado inconsciente e em estado grave. Já o mecânico teve fratura na perna e estava consciente.

O presidente do Aeroclube de Goiás, Arsênio Neiva, disse ao G1 que o avião decolou do Aeródromo Brigadeiro Eppinghaus, às margens da GO-070, para um voo panorâmico.

Não houve incêndio após o acidente. A aeronave caiu sobre o telhado da residência e parou sobre o muro que a divide com outro imóvel.

No momento da queda, não havia ninguém na casa.

A assessoria de imprensa da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que a situação da aeronave é regular. O avião pertence à categoria experimental, quando é construído de forma amadora e atende a regras diferentes das utilizadas na aviação comercial.

Ainda de acordo com a Anac, por conta desta situação, o avião não precisa apresentar certificado de aeronavegabilidade, documento necessário para que a aeronave possa voar, e Inspeção Anual de Manutenção (IAM), que avalia as condições mecânicas do avião.

Já a Força Aérea Brasileira (FAB), também por meio de sua assessoria, disse que uma equipe do Sexto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA VI) foi enviada ao local do acidente para fazer o trabalho de perícia.

O corpo do bebê Davi Andrade do Amaral, que morreu após o avião em que ele estava cair em cima de uma casa, foi enterrado na tarde deste domingo (12), em Goiânia.

Vizinha da casa em que um avião caiu, a estudante Geovanna Batista Rocha, 18 anos, conta que a queda provocou um barulho muito alto e que a situação foi de pânico.

“Foi desesperador, principalmente quando vimos a criança que estava dentro do avião. O pai da criança a entregou para os moradores para que pudessem salvá-la. Ela estava muito machucada”, disse.

Deixe seu comentário: