Últimas Notícias > Notícias > Brasil > As propostas de reforma tributária que tramitam na Câmara e no Senado colocaram em campos opostos a indústria e os demais setores

Samsung adia lançamento de celular com tela dobrável após falhas

Os modelos de teste do aparelho, que foram distribuídos à imprensa americana na semana passada, tiveram diversos problemas. (Foto: Reprodução)

A Samsung confirmou nesta segunda-feira (22) o adiamento por tempo indeterminado do Galaxy Fold, celular com tela dobrável. O lançamento estava previsto para esta sexta-feira (26).

Os modelos de teste do aparelho, que foram distribuídos à imprensa americana na semana passada, tiveram diversos problemas — de telas falhadas à falta de um aviso sobre não remover uma película de proteção que cobria o aparelho.

“Embora alguns analistas tenham compartilhado conosco o vasto potencial que eles veem no produto, alguns também nos mostraram como o smartphone precisa de alguns ajustes que garantam a melhor experiência do usuário. Para avaliar completamente esse feedback e executar mais testes internos, decidimos atrasar o lançamento do Galaxy Fold”, escreveu a empresa em nota.

Para Dieter Bohn, jornalista do portal “The Verge”, a tela apresentou um tipo de protuberância após alguns dias de uso. Steve Kovach, editor da rede “CNBC”, postou imagens da tela com uma falha na dobra e mau funcionamento.

Anunciado em fevereiro, o celular saia pelo custo de US$ 1.980 no mercado americano. A Samsung não informou uma nova data para o lançamento do aparelho, mas disse que uma nova agenda deve ser “divulgada nas próximas semanas”.

5G

A Samsung iniciou no dia 5 de abril as vendas do primeiro smartphone do mundo com 5G, o Galaxy S10 5G, coincidindo com o lançamento na Coreia do Sul da primeira rede de cobertura nacional desta tecnologia, que pretende revolucionar o mercado.

A Coreia do Sul, um dos países mais conectados do mundo, lançou no dia 3 a primeira rede nacional de telefonia móvel de quinta geração (5G), dois dias antes da data prevista. Três operadoras oferecem o serviço.

O país está em uma disputa com Estados Unidos, China e Japão sobre a rede de ultravelocidade.

As especulações sobre o lançamento do serviço 5G antes do previsto pela operadora americana Verizon obrigaram as empresas sul-coreanas a optar, às pressas, por um lançamento noturno, informou a agência Yonhap.

Poucas horas depois, a Verizon passou a disponibilizar o 5G para smartphones em Chicago e Minneapolis. A Samsung entrou na disputa e lançou o Galaxy S10 5G.

As operadoras SK Telecom, KT e LG Uplus organizaram eventos especiais em Seul para celebrar o lançamento da versão mais moderna do Galaxy, cujo modelo básico custa 1,39 milhão de wons (US$ 1.230).

A nova tecnologia tecnologia proporciona uma velocidade 20 vezes superior ao 4G, o que permite, por exemplo, fazer o download de um filme em menos de um segundo.

Como o 3G e o 4G, o 5G estabelece um novo marco em termos de conectividade, em particular para os objetos. Entre as inovações mais esperadas estão os carros sem motorista, a saúde conectada, as cidades inteligentes, o transporte urbano e a segurança.

Deixe seu comentário: