Últimas Notícias > Capa – Destaques > Adolescente confessa morte de menina encontrada perto de açude em São Gabriel

A secretaria de Justiça do RS e a PUCRS promovem um seminário estadual sobre drogas

Em 1987, a ONU estabeleceu o dia 26 de junho como o Dia Internacional contra o Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas. (Foto: Divulgação)

O fenômeno mundial das drogas constitui uma ameaça para a saúde pública, a segurança e o bem-estar da humanidade. Em 1987, a ONU (Organização das Nações Unidas) estabeleceu o dia 26 de junho como o Dia Internacional contra o Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas.

Alusivo a este dia, a Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, em parceria com a Pontifícia Universidade Católica do RS e o Conselho Estadual de Políticas sobre Drogas promovem o Seminário Estadual sobre Drogas, no auditório do Prédio 11 da PUCRS.

O evento tem como o objetivo conscientizar e mobilizar a população global sobre o tema, além de instrumentalizar e auxiliar os gestores municipais a construírem e qualificarem as políticas sobre drogas nos municípios. O público-alvo são trabalhadores e gestores municipais da rede intersetorial com atuação na temática das drogas.

Instituto do Cérebro

Nesta quarta-feira (26) e quinta (27), o InsCer (Instituto do Cérebro do RS) oferece uma nova edição do ciclo de palestras InsCer para a Comunidade, com assuntos relacionados à área da saúde. Entre os temas estão Depressão: o que sente quem sofre com a doença?; A memória está falhando, pode ser Alzheimer?; e Como ajudar seu filho a se tomar um leitor competente.

O evento ocorre no auditório Irmão José Otão, no 2º andar do Hospital São Lucas (Avenida Ipiranga, 6.690 – Porto Alegre). Para ingressar, é necessário levar 1kg de alimento não perecível.

Ações de impacto social

Ao longo do ano de 2018, mais de 830 mil pessoas foram beneficiadas pelas ações da extensão universitária promovidas pela PUCRS, como assistência à saúde, voluntariado, cursos e espetáculos culturais. Os programas próprios de bolsas e crédito educativo permitiram a 5,7 mil estudantes aproveitarem as oportunidades de uma educação transformadora, solidária e empreendedora. Na área da pesquisa, cerca de 2,5 mil universitários contribuíram para a ciência por meio de bolsas de Pós-Graduação e de Iniciação científica.

Esses são apenas alguns dos principais resultados de impacto social apresentados na mais recente edição o Relatório Social PUCRS, HSL (Hospital São Lucas) e Instituto do Cérebro do RS.

Nos dados sobre as três instituições, foi apurado que a presença feminina é predominante entre os 6.826 colaboradores, correspondendo a 59% dos profissionais e aprendizes. O aprimoramento das equipes recebe atenção permanente por meio de capacitações que alcançaram 1.076 pessoas.

No campo da internacionalização das investigações científicas, o PUCRS PrInt conta com 14 projetos de cooperação com instituições estrangeiras, envolvendo 23 programas de Pós-Graduação. Na área da saúde, além de serem referência em assistência, ensino e pesquisa, HSL e InsCer destacam-se também pela humanização das relações com os pacientes. No Hospital, o voluntariado dedicou 10 mil horas ao atendimento de 69 mil pessoas.

Já o InsCer beneficiou mais de 400 pessoas com projetos comunitários e promoveu atendimento gratuito a 300 pacientes do Sistema Único de Saúde.

Deixe seu comentário: