Últimas Notícias > Notícias > Brasil > O governo faz nova investida para privatizar a Eletrobras

Secretaria do Esporte do Rio Grande do Sul arrecada doações para Campanha do Agasalho

Ao todo, 43.912 peças foram arrecadadas. (Foto: Reprodução)

Ao longo desta sexta-feira, no 9º andar do Centro Administrativo Fernando Ferrari, em Porto Alegre, o governo do Rio Grande do Sul promove uma ação especial de arrecadação para a Campanha do Agasalho de 2019. Os servidores de diversos órgãos estaduais foram chamados a participar.

Esta edição da iniciativa (lançada oficialmente no dia 9 deste mês) tem como prioridade as roupas infantis, tanto de bebês quanto de crianças maiores, embora qualquer contribuição seja bem-vinda, desde que a peça ainda esteja em condições de proporcionar vestuário e aquecimento no inverno, que já se aproxima (21 de junho).

O judoca e medalhista olímpico brasileiro Felipe Kitadai participará do evento. A campanha é promovida pela SEL (Secretaria do Esporte e Lazer), em parceria com a Sedetur (Secretaria do Desenvolvimento e Turismo) e SSP (Segurança Pública), por meio do Escritório da Copa América.

Leite materno

Já a BM (Brigada Militar) lançou nessa quinta-feira mais uma ação solidária em 2019. Desta vez, a corporação apoiará a Campanha Nacional de Doação de Leite Materno. A iniciativa busca incentivar as policiais militares da Instituição que estão amamentando a fazerem a doação. Além disso, tem como objetivo levar informações sobre a importância da doação de leite também a outras mães.

“Estamos fazendo com que a sociedade enxergue um outro papel da polícia militar e que também se engaje nessas ações e principalmente mostrando aos nossos policiais militares, homens e mulheres, que além daquele papel que desempenhados no dia-a-dia, alem da nossa ação funcional de proteger as pessoas nós podemos e muito ajudar toda a sociedade com essas ações sociais”, ressaltou o oficial.

A produção do leite depende do esvaziamento da mama, por isso, quanto mais a mulher amamenta ou esvazia as mamas, mais leite ela produz. Todo leite doado é analisado, pasteurizado e submetido a um rigoroso controle de qualidade antes de ser ofertado a uma criança.

Um pote de leite materno doado pode alimentar até dez recém-nascidos por dia: dependendo do peso do prematuro, 1 mililitro já é o suficiente para nutri-lo a cada vez que ele for alimentado. Bebês neonatos que estão internados e não podem ser amamentados pelas próprias mães têm a chance de receber os benefícios do leite materno com a doação.

(Marcello Campos)

Deixe seu comentário: