Últimas Notícias > Bem-Estar > A mulher sofre mais com a prisão de ventre. Questão hormonal faz com que o intestino delas seja mais “preguiçoso”

Torre Eiffel, em Paris, teve um show de luzes para comemorar seus 130 anos

Show de luzes foi visível em bairros próximos. (Foto: Reprodução)

Para comemorar o aniversário da Torre Eiffel, Paris, na França, preparou um espetáculo com luzes que conta a história dos 130 anos do monumento. Nesta quarta-feira (15), 1.300 crianças foram convidadas para uma lanche embaixo da torre.

O show durou 12 minutos e foi visível nos bairros mais próximos ao ponto turístico. Alpinistas profissionais escalaram o monumento para montar as luzes para a atração.

Criação de Gustave Eiffel, a Torre Eiffel abriu ao público pela primeira vez em 15 de maio de 1889, vários dias após sua inauguração na Feira Mundial.

Cerca de 6 milhões de pessoas visitam a “Dama de Ferro” todos os anos.

Notre-Dame

Também nesta quarta, o incêndio que consumiu completamente o teto da Catedral de Notre-Dame, em Paris, completou um mês. Na última semana, deputados franceses aprovaram uma lei que prevê a restauração do monumento em até cinco anos.

De acordo com o site da Euronews — emissora de notícias sobre a Europa com sede na França —, a legislação foi aprovada por 32 votos a favor, cinco contra e 10 abstenções depois de um longo debate. O senado deve analisar o texto até o fim do mês

Enquanto o presidente Emmanuel Macron defende que o patrimônio seja reconstruído em até cinco anos, políticos da oposição consideram o prazo “irrealista e motivado pelo fato de Paris ser a sede das Olimpíadas de 2024”.

O edifício histórico já passava por obras de restauração quando foi consumido pelo fogo. O fator que desencadeou as chamas, entretanto, ainda é desconhecido.

O projeto de legislação ainda prevê a criação de um órgão público responsável pela gestão dos valores doados para a reforma de Notre-Dame. Quase 900 milhões de euros (mais de R$ 4 bilhões) foram levantados em um intervalo de dois dias após o incêndio.

A última semana também foi marcada pela publicação de um relatório, por parte da agência regional de saúde, apontando altos níveis de metal na atmosfera dos arredores da antiga catedral. As informações são da agência de notícias Reuters.

Associações de saúde e empresas expressaram temores sobre a contaminação por chumbo depois da divulgação do texto — que afirma que os níveis de chumbo no ar da região em geral se mostraram normais, mas mais altos nas ruas vizinhas e nos telhados dos edifícios administrativos próximos ao prédio consumido pelo fogo.

Residentes da região, principalmente as grávidas, foram aconselhados a lavar as mãos e unhas com frequência, e os pais foram orientados a limpar os brinquedos de suas crianças. As autoridades teriam informado que o chumbo só causa prejuízos à saúde “se ingerido repetidamente”.

 

Deixe seu comentário: