Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Empresa dos Estados Unidos afasta a tese de que navio grego é o responsável pelo derramamento de óleo nas praias do Nordeste

A Volkswagen lança sua primeira bicicleta elétrica no Brasil

Bicicleta elétrica da Volks tem estilo ‘montain bike’. (Foto: Divulgação)

A Volkswagen lança sua primeira bicicleta elétrica no Brasil. A opção homologada pela montadora alemã tem peças de origem chinesa e custa 11,5 mil reais na rede concessionária.

O modelo com estilo “montain bike” faz parte da estratégia de eletrificação da marca para o mercado nacional.

Seu lançamento ocorre junto com o do hatch Golf GTE, híbrido plug-in (pode ser recarregado na tomada) que começa a ser vendido neste mês por 200 mil reais.

De acordo com a Volkswagen, a bicicleta atinge a velocidade máxima de 25 quilômetros por hora sem que o ciclista precise fazer esforço. A bateria incorporada ao quadro permite uma autonomia de 30 quilômetros. Se a energia se esgotar, basta seguir em frente pedalando.

A montagem é feita pela empresa General Wings, especializada em bikes elétricas. Há um painel digital simplório e sistema de marchas.

O preço pedido pela Volkswagen é elevado diante da concorrência. Há opções semelhantes em potência e proposta vendidas por valores entre 4.000 reais e 7.000 reais no mercado nacional. A montadora afirma que sua bicicleta elétrica segue um processo rigoroso de homologação, o que justificaria a diferença.

Não é a primeira vez que a fabricante de carros se aventura pelo mundo do pedal no Brasil. A marca começou a oferecer bikes no ano de 2016, quando pediu 9.700 reais por um modelo convencional, sem motor elétrico e com rodas de 29 polegadas.

Outras fabricantes de carros investem em bicicletas. A Peugeot Cycles é uma das mais tradicionais no segmento, com modelos produzidos na França desde o ano de 1886. As opções com motor elétrico e estilo estradeiro custam por volta 15 mil reais na Europa.

A empresa norte-americana Kent produz bikes com a marca Jeep, que são vendidas no Brasil. São modelos que não têm motor elétrico e custam aproximadamente 2.000 reais.

A Volkswagen oferece também uma patinete com autonomia para rodar até 20 quilômetros. O modelo atinge a velocidade máxima de 25 quilômetros por hora e custa 3.400 reais no Brasil.

Espera acabou

A versão do T-Cross exclusiva para o segmento PCD já pode ser encomendada nas lojas da Comasa ao preço de R$ 57.630,00 com as isenções de IPI, ICMS, IOF e IPVA.

O carro, que já é um sucesso de público e crítica, se tornou o SUV mais desejado no mercado, ganhador de vários prêmios, agora disponível para comercialização com todos os descontos. Conheça mais sobre o carro!

T-Cross Sense

Prepararem-se para dizer “bye-bye” ao antigo conceito de SUV’s para PCD, onde o comum é retirar equipamentos de segurança e conforto a fim do enquadramento no limite de valor para concessão dos descontos integrais de impostos, e digam “hello“ para a nova versão. Ela vem completa com itens exclusivos de conforto, conectividade, design, segurança e tecnologia e ainda conta com o motor turbo 200 TSI e cambio Tiptronic de 6 marchas que proporciona alto torque e desempenho com muita economia, anda como um 2.0 e consome como carro 1.0.