Últimas Notícias > Esporte > Copa do Brasil > Vem festa por aí! “Vou decretar feriado. Não precisa trabalhar” afirma técnico do Athletico-PR em coletiva

Amazon planeja lançar satélites para oferecer internet banda larga

Projeto Kuiper terá satélites de órbita terrestre baixa, que fornecerão banda larga de baixa latência e alta velocidade. (Foto: Divulgação)

A Amazon planeja lançar uma rede de mais de 3 mil satélites para fornecer acesso à internet, indicam vários registros feitos junto à União Internacional de Telecomunicações no mês passado. O plano de longo prazo, batizado de Projeto Kuiper, atenderá pessoas em todo o mundo que não têm acesso básico à internet de banda larga, disse gigante varejista em um comunicado nesta quinta-feira (04).

O projeto lançará uma rede de satélites de órbita terrestre baixa, que fornecerão conectividade de banda larga de baixa latência e alta velocidade, acrescentou a empresa. Os planos da Amazon vêm no momento em que o presidente-executivo, Jeff Bezos, está correndo para fazer tirar sua empresa espacial, a Blue Origin, do modo startup, diante da rivalidade com a SpaceX.

A SpaceX, do bilionário fundador da montadora de carros elétricos Tesla, Elon Musk, atraiu atenção mundial com um teste de lançamento bem-sucedido de seu mais novo foguete, o Falcon Heavy, o foguete operacional mais poderoso do mundo.

Ex-mulher

MacKenzie Bezos, ex-mulher do fundador e presidente-executivo da Amazon, Jeff Bezos, vai entregar 75% de sua participação na empresa e todos os direitos de voto para o empresário bilionário, disse ela em uma rede social nesta quinta-feira. Ele é o homem mais rico do mundo, segundo ranking em tempo real da revista “Forbes”, e seguiria no topo mesmo com a divisão dos bens, à frente do 2º colocado, Bill Gates.

A participação remanescente de MacKenzie na Amazon vale cerca de US$ 36 bilhões, a preços correntes de mercado. A quantia, portanto, a colocaria na posição de 25ª pessoa e 4ª mulher mais rica do mundo, no mesmo ranking. A participação total do casal soma US$ 143 bilhões, e eles têm uma fortuna avaliada em US$ 149 bilhões. MacKenzie Bezos afirmou que também renunciará a todos os seus interesses no jornal “Washington Post” e na empresa de foguetes Blue Origin.

Futuro da Amazon

O anúncio resolve questões sobre o futuro da maior varejista online do mundo, que não estava claro desde que o casal anunciou divórcio em janeiro. Jeff Bezos, amplamente visto como um guru da administração cujo foco de longo prazo tem sido essencial para a ascensão meteórica da Amazon, manterá o controle da empresa.

O acordo também sugere que a companhia será poupada do tipo de batalha de diretoria que assolou outras empresas cujos proprietários estão lidando com desentendimentos familiares. “Feliz por estar dando a ele todos os meus interesses no Washington Post e na Blue Origin, e 75% de nossas ações na Amazon”, disse MacKenzie Bezos.

Deixe seu comentário: