Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Nova fase da Operação Lava-Jato mira multinacional e bloqueia quase R$ 2 bilhões dos investigados

Ameaças de bomba foram recebidas em diversos pontos dos Estados Unidos; o FBI informou que está ciente

Policial remove faixa de Centro Comunitário Judeu em San Francisco, após uma ameaça de bomba ao local ser descartada. (Foto: Reprodução)

Ameaças de bomba foram recebidas nesta quinta-feira (13) por diversos locais nos Estados Unidos, incluindo universidades, jornais e emissoras de TV e delegacias, mas nenhum risco foi detectado.

O FBI divulgou um comunicado dizendo estar ciente do caso, e em contato com autoridades locais. “Como sempre, incentivamos o público a permanecer vigilante e relatar imediatamente atividades suspeitas que possam representar uma ameaça à segurança pública”, diz o texto.

Perigo real

Polícias de Oklahoma e Massachusetts postaram no Twitter mensagens informando que estão acompanhando as denúncias, mas que nenhum perigo real foi constatado.

Atividades retomadas

A Capital University, em Ohio, chegou a ser evacuada, mas já divulgou um post dizendo que as atividades foram retomadas.

Delegacias

Uma corte também foi esvaziada no condado de Cobby, em Atlanta, na Geórgia, e no mesmo local foram relatadas ameaças à sede da polícia e a mais duas delegacias.

Diferentes locais

Apenas em Oklahoma City foram 13 ameaças em diferentes locais. A CNN também menciona mensagens ameaçadoras recebidas em locais em San Francisco, na Universidade de Washington, em Seattle, e na Universidade Penn State, na Pensilvânia.

Alertas

O Departamento de Polícia de Chicago recebeu entre 15 e 20 alertas nas últimas horas, também segundo a emissora. Jornais e emissoras de TV em Nova York e na Carolina do Norte foram outros alvos. Em Boston, a Boston Opera House recebeu um e-mail com ameaças.

Ainda não se sabe se as ameaças, recebidas em sua maioria por e-mail, estão conectadas ou de onde teriam partido.

Facebook

Um edifício do campus do Facebook na Califórnia, nos Estados Unidos, foi esvaziado na terça-feira (11) por conta de uma falsa ameaça de bomba, segundo informações das autoridades locais.

Após uma inspeção no local com agentes da unidade antibombas e cães farejadores, “não foram encontrados artefatos suspeitos”, de acordo com um comunicado da Polícia de Menlo Park.

O Facebook também esvaziou edifícios vizinhos como medida de prevenção. Não há informações sobre quantas pessoas foram afetadas.

A ameaça de bomba foi recebida pelo Departamento de Polícia de Nova York, que transferiu o alerta para as autoridades em Menlo Park.