Últimas Notícias > Colunistas > Previdência x Juros

Apesar das temperaturas negativas, onda de frio perde força no Rio Grande do Sul

Gaúchos se agasalham para enfrentar o frio que atinge o Estado desde domingo. (Foto: Alexandro Auler/AE)

Diversos municípios do Rio Grande do Sul voltaram a registrar temperaturas negativas na madrugada desta quinta-feira (20). Entre as mínimas, de acordo com a Metsul Meteorologia, destacam-se: -5,7ºC em São José dos Ausentes; -3,7ºC em Santa Rosa; -3,1°C em Canela; -2,7ºC em Soledade; -1,3°C em Fontoura Xavier; -0,9ºC em Teutônia; e -0,8ºC em Nova Bassano.

No entanto, a massa de ar polar que atinge o Estado desde domingo perdeu força, e as temperaturas começam a subir na tarde desta quinta, com predomínio do sol em todo o RS. A amplitude térmica – variação entre a temperatura mínima e a máxima do dia – nos municípios gaúchos pode ser superior a 20ºC. Em Porto Alegre, a máxima deve ficar em torno de 21°C. Confira a previsão do Metroclima para os próximos dias na Capital gaúcha:

Sexta-feira (21): Dia de sol e nuvens com possibilidade de neblina ou nevoeiro no começo do dia. Temperaturas mínimas ainda muito baixas, entre 3ºC e 5ºC, e as máximas entre 20°C e 22°C.

Sábado (22): Ensolarado, mas com provável neblina ou nevoeiro na madrugada e no começo da manhã. Outro dia que começa muito frio, com mínimas de 5ºC a 7ºC. Tarde com temperaturas máximas de 20ºC a 22ºC.

Domingo (23): Outra dia  de tempo firme e ensolarado, entretanto persiste a possibilidade de nevoeiro ou neblina no começo do dia. Madrugada fria com mínimas de 7ºC a 9ºC e tarde com marcas de até 25ºC.

Brasil

A onda de frio que atingiu até o Sul da Amazônia nesta semana e pegou muita gente de surpresa é um sinal, na verdade, de que o inverno brasileiro está dentro da normalidade, segundo a meteorologista do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) Maiane Araujo. “A gente teve de 2014 para 2015 um El Niño bem caracterizado, o que impacta nas temperaturas no Centro-Sul do País. Mas esse é um inverno mais normal, digamos assim. O inverno de 2013 foi muito parecido com este, mas muita gente não lembra”, explicou.

Por essa razão, as próximas semanas deverão ter novas ondas de frio, de acordo com ela. “Ainda tem uma possibilidade de novas incursões de frio. Principalmente até agosto ainda tem a chance de se repetir. Em meados da semana que vem pode ser que chegue uma nova frente fria. Não posso garantir se será com a mesma intensidade.”

Nesta semana, diversas cidades registraram temperaturas negativas no País. A cidade de Bom Jardim da Serra (SC), por exemplo, registrou -8,8°C no amanhecer de quarta-feira (19). No Estado de São Paulo, a capital paulista teve na terça-feira (18) a tarde mais fria do ano, com termômetros próximos a 7°C, mas sensação perto de 0°C em algumas regiões da cidade, devido ao vento.

Entretanto, o frio não se restringiu ao Sudeste. A sensação térmica de 16°C foi o suficiente para o assunto se tornar manchete de um jornal local da Bahia. A onda gelada também se espalhou até o Acre, derrubando a temperatura para 12°C. Esse fenômeno na Amazônia é conhecido como friagem e, segundo a meteorologista do Inmet, também não tem nada de atípico.

Deixe seu comentário: