Últimas Notícias > Atividades Empresariais > Turma 11 do Curso Profissional de Sommelier da ABS-RS está com lotação quase esgotada

Após a morte de uma acumuladora, a prefeitura esterilizou mais de 50 cães e gatos de uma casa na Zona Norte de Porto Alegre

Diversos animais já foram adotados, evitando o agravamento da situação. (Foto: Ari Teixeira/PMPA)

Na tarde dessa quinta-feira, uma equipe da Usav (Unidade de Saúde Animal Victória) concluiu o serviço de esterilização de 40 gatos e 12 cães que viviam em uma casa no bairro Sarandi, Zona Norte de Porto Alegre. Os animais foram castrados, vacinados e liberados para adoção.

A ação, que contou com o apoio de protetores independentes que atuam na região, foi motivada pela situação de abandono dos animais desde a morte da dona dos animais, recentemente. Os familiares dela encontraram dificuldades para seguir cobrindo as despesas de manutenção.

Além de alimentos, os bichos necessitavam de cuidados veterinários. “Muitos já foram adotados, evitando o agravamento da situação”, ressaltou o diretor da Usav, Bruno Wagner.

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade, por meio da Diretoria de Direitos Animais, mantém contato permanente com mais de 60 acumuladores cadastrados. Essa iniciativa envolve atendimento clínico veterinário, vacinação e, principalmente, a esterilização de animais.

Somente no ano passado, foram realizadas vistorias em 27 residências com esse perfil de proprietário. O saldo foi a aplicação de 328 doses de vacina, além de 177 castrações e 76 atendimentos.

Acumuladores compulsivos

Também conhecida como “transtorno de acumulação”, a acumulação compulsiva é um padrão de comportamento que se caracteriza pelo excesso de aquisição de itens materiais (ou mesmo lixo e detritos) e incapacidade ou relutância em fazer o devido o descarte. Desde 2013, é considerada uma doença mental.

Estima-se que esse mal atinja entre 2% e 5% dos adultos, embora a condição geralmente se manifeste na infância e se agrava em idade avançada. Em geral, o acumulador tem dificuldade em reconhecer o problema, que precisa ser tratado com terapia comportamental.

Em casos mais graves, são comprometidas a higiene pessoal, a segurança da residência e de seus ocupantes e outros perigos.

 

Doação de material

Papelões sem uso e jornais velhos podem se transformar em tapetes bem úteis para os animais em tratamento na Unidade mantida pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade.

“Com o encerramento da temporada de verão, aumenta significativamente o movimento, e nossos estoques de papel acabam reduzidos”, explica o médico veterinário Bruno Wagner, diretor da Usav.

Interessados em doar esse tipo de material podem entrar em contato pelo telefone (51) 3289-8920, bem como pelo e-mail smams@portoalegre.rs.gov.br. Quem preferir fazer a entrega pessoalmente, pode procurar os seguintes endereços:

– Unidade de Saúde Animal Victória: Estrada Bérico José Bernardes nº 3.489, parada 19 da Lomba do Pinheiro (Zona Leste);

– Secretaria do Meio Ambiente e Sustentabilidade (sede): Avenida Carlos Gomes nº 2.120 (entrada pela rua Luiz Volker).

Em caso de doação em grande quantidade, a equipe da Unidade também se disponibiliza para fazer a busca, bastando entrar em contato e informar o endereço, desde que localizado em Porto Alegre.

(Marcello Campos)

Deixe seu comentário: