Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Economia > Montadoras iniciam no País teste de serviço de carro compartilhado por funcionários

Após show deitada, Beth Carvalho dá andamento a projetos e não descarta repetir a dose

Beth Carvalho cantou deitada pela primeira vez, mas pode não ser a última. (Foto: Reprodução/Instagram)

A cantora Beth Carvalho chocou o País ao fazer show deitada, derrubada pela dor nas costas. Isso não a impediu de seguir com seus projetos. Ela também não descarta novas apresentações dessa forma, se a necessidade exigir.

“Brasileiríssima”

Beth Carvalho, segundo Marina Caruso, de O Globo, estaria em contato com a cantora Adelaide Chiozzo, de 87 anos, que convidou a participar de seu disco “Brasileiríssima”, que será gravado em breve. A dama da Rádio Nacional vai cantar seu sucesso “Beijinho doce”, de Nhô Pai.

Deitada novamente

Beth Carvalho chamou a atenção no início do mês ao se apresentar deitada no show em comemoração aos 40 anos do álbum “De Pé no Chão”. E a cantora de 72 anos vai continuar a se apresentar deitada caso o desconforto causado por um problema na coluna permaneça.

“Beth segue com seus shows normalmente. Ela fará como sempre tem feito, sentada, e – caso sinta desconforto – pode fazer deitada”, afirma o escritório que gerencia a carreira da sambista.

Os próximos shows de Beth Carvalho acontecem em 28 de setembro no Credicard Hall, em São Paulo, e em 6 de outubro no Km de Vantagens Hall, em Belo Horizonte.

Em ambas as datas ela se apresenta ao lado do grupo Fundo de Quintal, como fez no Rio de Janeiro, já que o histórico álbum celebra o encontro da sambista e de seus afilhados. Lançado em 1978, “De Pé no Chão” é considerado o disco que mudou o som do samba. Beth Carvalho também é uma das atrações confirmadas na primeira edição da Oktoberfest Rio, em 21 de outubro.

“Eu pedi pra produção trazer esse ‘chaise longue’ para eu deitar. Afinal de contas, se tem ‘na cama com Madonna’, tem ‘na cama com Beth Carvalho'”, brincou a sambista com o público do Rio de Janeiro antes de seguir o show. Foi a primeira vez que Beth precisou se apresentar deitada.

“Foi natural, porque me importa cantar, me importa celebrar, porque o samba é um convite que se renova todos os dias para a vida. Minhas dificuldades não são diferentes de milhões de brasileiros que se levantam pra trabalhar todos os dias, muitas vezes em situações extremamente precárias”, escreveu Beth.

A sambista convive há anos com com uma inflamação na parte inferior da coluna. Em 2012, ela chegou a colocar pinos ortopédicos na região lombar.

E, entre 2012 e 2013, Beth ficou internada por cerca de um ano no hospital Pró-Cardíaco, no Rio, devido a complicações de uma cirurgia na coluna.

No Instagram, a cantora disse que a experiência foi “memorável”.

“Que noite memorável, amigos. Quanta energia boa eu recebi da plateia e dos músicos. Obrigada ao Fundo de Quintal, a toda equipe, a imprensa que cobriu carinhosamente o show, e principalmente ao público, que colocou os pés no chão e sambou comigo do início ao fim. Até a próxima!”

Deixe seu comentário: