Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Parecer sobre reforma da Previdência dos militares deve ser apresentado em setembro 



Argentina e Chile se enfrentam pelo terceiro lugar da Copa América

Argentina e Chile se enfrentam pelo terceiro local da Copa América. (Foto: Amanda Perobelli/Reuters/Direito reservados/Agência Brasil)

Está chegando ao fim! Neste sábado (6), às 16h, na Arena Corinthians, em São Paulo, Argentina e Chile se enfrentam na disputa pelo terceiro lugar da Copa América. Bicampeão, o Chile perdeu para o Peru por 3 a 0 na semifinal da competição. Já a Argentina de Lionel Messi, que joga pela primeira vez na competição na capital paulista, perdeu para o Brasil por 2 a 0, no Mineirão.

Os hermanos, que não levantam uma taça desde 1993, buscam sair desta competição com a cabeça erguida. No entanto, o técnico Lionel Scaloni conta com ao menos dois desfalques para esta partida: o volante Acuña e o atacante Lautaro Martínez, ambos suspensos por cartão amarelo. Em seus lugares, Lo Celso e Dybala deverão iniciar a partida. Scaloni garantiu que os jovens prometem ser o futuro da seleção argentina.

(Foto: Reuters/Diego Vara/Direitos Reservados/Agência Brasil)

Esses garotos, independentemente de quem estiver no cargo, eles serão o futuro da seleção. Se nós (atual comissão técnica) não seguirmos, para o treinador que vier nós teremos dado uma boa mão, porque ele terá de onde tirar. Isso é o mais importante. Um trabalho em oito anos é melhor do que em seis meses, mas não há lógica no futebol.”, disse Scaloni.

Já os chilenos, atuais campeões da Copa América, não conseguiram chegar a grande final este ano. Apesar do favoritismo, foram eliminados pelo Peru na semifinal. Mesmo assim, o técnico Reinaldo Rueda promete ir a campo com um time forte e que lutará pelo terceiro lugar. O único desfalque possível de Rueda fica com o volante Vidal, que sentiu dores desde a última partida O atleta ainda passará por algumas avaliações.

(Foto: Amanda Perobelli/Reuters/Direito reservados/Agência Brasil)

ARGENTINA X CHILE 

Local: Arena Corinthians, São Paulo

Data e hora: sábado (6), às 16h.

Provável escalação da Argentina: Armani, Foyth, Pezzella, Otamendi e Tagliafico; Paredes, De Paul e Lo Celso (Di María); Messi, Agüero e Dybala.

Provável escalação do Chile: Arias; Isla, Medel, Maripán e Beausejour; Pulgar, Aránguiz e Vidal (Pablo Hernández); Fuenzalida, Vargas e Alexis Sánchez.

Arbitragem: Mario Díaz de Vivar será o árbitro principal, com Eduardo Cardozo e Dario Gaona como auxiliares, (todos do Paraguai). Diego Haro, do Peru, será responsável pelo VAR.

Deixe seu comentário: