Últimas Notícias > Atividades Empresariais > Cláudia Aragón ministra curso “Limpando Texto” na ESPM

O astronauta japonês que disse ter crescido 9 centímetros no espaço volta atrás e pede desculpas por erro

Crescimento estava muito acima da média. (Foto: Reprodução)

O astronauta japonês Norishige Kanai pediu desculpas nesta terça-feira por ter declarado equivocadamente que cresceu nove centímetros desde sua chegada à Estação Espacial Internacional, ocorrida há apenas três semanas.

“Estou, na verdade, com dois centímetros a mais”, disse ele.

O número originalmente divulgado estava acima da média registrada até agora, de dois a cinco centímetros.

Os astronautas crescem no espaço por causa da ausência da gravidade, que permite a expansão da coluna vertebral deles.

O crescimento se dá especificamente nos discos de cartilagem que ficam entre os ossos da coluna e pode ser temporário – eles podem crescer no espaço e retornar à altura normal quando retornam à Terra.

Erro de medição

Kanai usou o Twitter para corrigir a informação que havia publicado anteriormente. Ele culpou um “erro de medição” pelo equívoco.

“Sinto muito por ter tuitado essa notícia falsa”, postou, em japonês, em referência aos nove centímetros, número que havia despertado fascínio entre usuários das redes sociais em todo o mundo.

Foi o comandante russo na estação, Anton Shkaplerov, quem primeiro desconfiou de que a informação pudesse estar errada, o que levou o japonês a se medir novamente e a constatar que estava, na verdade com 1,82 metro, dois centímetros a mais do que sua altura na Terra.

“Foi um erro de medição (?), mas parece que há muita gente falando sobre isso”, disse Kanai. “Eu não sinto dores nas costas, e a dor em volta do meu pescoço e dos meus ombros se foi. Então, duvido que eu esteja 9 cm mais alto. O comandante do voo, Shkaplerov, notaria isso, ele é veterano.”

“Alívio”

O japonês disse estar um pouco “aliviado” com a nova medição. “Provavelmente vou caber no Soyuz quando for para casa”, brincou.

A nave espacial Soyuz, que faz o transporte dos astronautas entre a Terra e a estação, tem um limite de altura no assento. Se os membros da equipe ficassem muito altos, isso poderia representar um problema.

Na postagem original, o astronauta dizia ter “um grande anúncio” a fazer.

“Tivemos os nossos corpos medidos após chegarmos ao espaço, e uau! Eu cresci nove centímetros! Cresci como uma planta nestas três semanas. Não acontecia nada assim desde o ensino médio. Estou um pouco preocupado quanto a se vou caber no assento da Soyuz quando chegar a hora de voltar.”

Esta é a primeira vez de Kanai no espaço. Antes de estrear como astronauta, ele era médico da Marinha japonesa.

Antes da informação ser corrigida, especialistas chegaram a afirmar que, embora inusitado, o crescimento relatado era possível. “Nove centímetros é muito, mas é possível, já que cada corpo humano é diferente”, disse Libby Jackson, da Agência Espacial do Reino Unido.

“Há uma margem diferente de crescimento para cada pessoa, e cada um responde de uma forma.”

Deixe seu comentário: