Últimas Notícias > CAD1 > Meia do Grêmio, Jean Pyerre, diz que time entende cobranças e crê em foco para buscar a recuperação no Brasileirão

Ator pediu para seu personagem morrer em “Game of Thrones” por estar entediado com o seu personagem

Julian Glover foi o intérprete de Mestre Pycelle por seis temporadas. (Foto: Reprodução)

Se há uma coisa em Game of Thrones temido tanto pelo elenco quanto pelos fãs são as inúmeras mortes (algumas terríveis e emocionantes, outras saborosas). Entretanto, para Julian Glover, intérprete de Mestre Pycelle por seis temporadas, ele mal podia esperar para ver seu personagem morrer.

Tanto que o ator de 84 anos pediu para sair da série porque estava insatisfeito com as cenas de Pycelle, ainda que ele fizesse parte do Pequeno Conselho do Rei e tivesse sua cota de conflitos no roteiro. “Eu não queria fazer [a 6ª temporada] porque eu percebi que estava sendo completamente repudiado como personagem”, disse ele em entrevista ao IGN.

Segundo ele, o relacionamento de Pycelle com Cersei Lannister (Lena Headey) foi o que fez decidir sair da produção.

“Cersei me irritava o tempo todo, e nunca revidei. Não foi nada legal interpretá-lo. Então, fui até eles e disse… ‘Olha, não quero mais fazer isso, não é interessante continuar fazendo isso, de novo e de novo. O que vai acontecer com ele?”, Glover perguntou aos showrunners David Benioff e D.B. Weiss na época.

Para a sorte do ator, GoT tinha grandes ideias para a saída de Pycelle: “Eles disseram: ‘Oh, você não pode ir, nós temos uma cena maravilhosa para você’. ‘Ok, eu posso ver a cena?’ ‘Não, você não pode’, porque você sabe, a coisa toda é sobre manter segredo, o que é compreensível”, explicou o ator. “De qualquer forma, para encurtar a história, eu recebi a cena, e foi a minha cena de morte, que é uma cena muito boa. E é exatamente desse jeito que eu queria sair [da produção]”.

Glover aproveitou para elogiar a execução da sequência que levou Pycelle ao fim. “A própria cena da morte em si foi tão astuciosamente efeituada, a maneira como eu era atraída para o andar de baixo, para dentro daquela horrível atmosfera semelhante a uma cela, prisão, e então as crianças saíam da escuridão. Eu acho que sou o personagem mais velho em Game of Thrones – [Pycelle] começou com 102 anos, então eu suponho que sai por volta de 107 – e fui morto por crianças. Acho que é uma ironia maravilhosa. Toda a série está cheia dessas coisas, se você se preocupa em procurá-las.”

Entretanto, a gravação não foi tão fácil. “Nós tivemos que fazer tudo de uma vez, claro, porque eu estava uma bagunça. O sangue saindo e entrando na minha barba… Era uma bagunça e eu tive que fazer isso em um take só. E tive que cair de uma maneira particular, ter minha cabeça em um ângulo específico e tudo isso. Consegui em uma tomada, e isso foi muito satisfatório, e fiquei muito feliz em dizer adeus às pessoas naquele momento em particular.”

Deixe seu comentário: