Últimas Notícias > Notícias > Mundo > Manifestantes são dispersados com gás lacrimogêneo em Hong Kong em novo dia de protestos

Avança proposta que prorroga mandatos de vereadores e prefeitos até 2022

Proposta prevê que eleitor vá às urnas apenas em 2022. (Foto: Reprodução)

Está avançando silenciosamente na Câmara dos Deputados, a PEC (Proposta de Emenda Constitucional) 376 de autoria do deputado Ernandes Amorim (PR) que prorroga por dois anos os mandatos de vereadores e prefeitos,e alinha todas as eleições em 2022. Pela PEC, em 2022 as eleições escolheriam desde vereador, prefeitos, deputados, governadores, até presidente da República. Relator na Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania da Câmara dos Deputados, Valtenir Pereira (MDB),emitiu parecer favorável à PEC 376.

PEC proíbe a reeleição no executivo

Caso a regra passe a valer, as eleições de 2020 serão canceladas e os prefeitos e vereadores terão seus mandatos alongados até 2022. A proposta também veda a reeleição para integrantes do executivo – prefeito, governador e presidente da República que passam a ter mandatos de 5 anos – e aumenta para 10 anos o mandato de senadores, vedando a reeleição.

Pornografia e ofensas a Bolsonaro na UFSM

O advogado Gustavo Moreira protocolou uma representação no Ministério Publico Federal, e ajuizou ação popular contra a UFSM, Universidade Federal de Santa Maria, em relação ao cursinho Alternativa, mantido pela instituição dentro do seu campus. Segundo a denúncia do advogado, o conteúdo das apostilas do cursinho apresenta dezenas de materiais pornográficos. A denúncia aponta ainda para agressões morais criminosas praticadas contra o presidente Jair Bolsonaro, apresentado em uma charge com uma camiseta com a suástica nazista, tudo no âmbito da Universidade Federal de Santa Maria.

Vergonha alheia

Um vídeo no qual a deputada federal Maria do Rosário do PT gaúcho esbarra no deputado Éder Mauro,do PSD-PA, e logo em seguida denuncia que foi agredida por ele, está viralizando nas redes sociais. O vídeo pode indicar que a deputada, pelo seu comportamento, estaria necessitando de algum tipo de tratamento.

A volta da banda podre do Congresso

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), com apoio dos deputados do centrão, e a banda podre da casa, trabalham em uma nova proposta de reforma da Previdência. O movimento funciona como uma represália ao presidente Jair Bolsonaro, que tem se recusado a fatiar seu governo entre os partidos, em troca de apoio para as reformas.

Deixe seu comentário: