Últimas Notícias > Colunistas > Fatos históricos do dia 16 de outubro

Banco Central diz que juro não cai agora, mas que não é preciso esperar até 2017

BC reduziu a taxa Selic na semana passada (Foto: Bia Fanelli/Folhapress)

O presidente do BC (Banco Central), Alexandre Tombini, afirmou nessa terça-feira que as expectativas de inflação precisam cair mais para que seja possível reduzir a Selic (a taxa básica de juros), que está em 14,25% ao ano desde julho.

Tombini disse que não será necessário esperar que o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) chegue aos 4,5% em 2017 para que isso ocorra, mas ressaltou que não há como cortar a taxa neste momento. “Não precisamos esperar até o ano que vem, mas para o processo de distensão é preciso que as expectativas dos agentes estejam mais baixas do que estão hoje”, avaliou.

Audiência pública

O presidente do BC participou de audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado na qual foi cobrado por senadores da base aliada e da oposição por manter os juros no nível atual diante da crise econômica. (Folhapress)