Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Mulher morre após inalar fumaça durante manifestações

Beneficiários do programa Bolsa Família podem deixar de receber o auxílio em Brumadinho

O pagamento do Bolsa Família dura sempre duas semanas. Desta vez, começou no dia 20 e vai até o dia 31. (Foto: Agência Brasil)

O Ministério da Cidadania, informou por meio de ofício enviado à Prefeitura da Cidade, que os beneficiários do Programa Bolsa Família, do governo federal, atingidos pela tragédia da Vale em Brumadinho, podem ficar sem receber o auxílio nos próximos meses. De acordo com o Ministério, são 1.554 pessoas beneficiadas pelo programa em Brumadinho.

O prefeito de Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, Avimar de Melo (PV), disse que está tentando ajuda dos deputados federais e senadores mineiros, assim como do próprio ministério para que esta medida não se concretize.

Motivo
A razão dessa decisão, é o pagamento emergencial temporário da Vale às famílias que foram atingidas no acidente. Com o auxílio, as famílias podem sair da faixa de renda que é contemplada pelo Programa. Os auxílios da Vale variam entre R$ 250 a R$ 1 mil.

Bolsa Família
O programa de transferência direta de renda é direcionado às famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o país. O objetivo do projeto é que os beneficiados superem a situação de vulnerabilidade e pobreza, garantindo direito à alimentação, ao acesso à educação e à saúde. Em todo o Brasil, mais de 13,9 milhões de famílias são atendidas pelo Bolsa Família.

Quem pode participar do programa
A população alvo é constituída por famílias em situação de probreza e extrema pobreza. As famílias extremamente pobres são aquelas que têm renda mensal de até R$ 89,00 por pessoa. As famílias pobres são aquelas que têm renda mensal entre R$ 89,01 e R$ 178,00 por pessoa, e podem participar do programa desde que tenham em sua composição gestantes e crianças ou adolescentes entre 0 e 17 anos.

Deixe seu comentário: