Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Um bolão de funcionários da liderança do PT ganhou 120 milhões de reais da Mega-Sena

Bloqueio de verbas atinge 340 bolsas de incentivo a pesquisa no RS

(Foto: Reorodução)

O novo corte de verbas para bolsas, feito pelo governo federal na última terça-feira (04), atingiu seis universidades gaúchas. Foram congelados os repasses para início de pesquisas de mestrado, doutorado e pós-doutorado.

Segundo a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal do Nível Superior (Capes), mais 104 bolsas para a pós-graduação foram bloqueadas no estado. Com este, que foi o segundo anúncio de congelamento de benefícios, chega a 340 o número de suspensões entre universidades privadas e federais. O corte não afeta os bolsitas que já têm o benefício em andamento.

No estado do Rio Grande do Sul, as duas instituições com maiores cortes de bolsas foram a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), somando 35 benefícios cancelados, e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), com 26 congelamentos. Ao total entre as universidades gaúchas federais e privadas foram 340 suspensões.

Segundo o Ministério da Educação, o contingenciamento faz parte de uma mudança no cenário de concessão das bolsas de incentivo a pesquisa. A Capes explica, em seu site oficial, que os bloqueios se deram aos cursos com nota abaixo da expectativa, sendo a nota mínima 3 e a nota máxima 7.

Deixe seu comentário: