Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Ricardo Salles diz que usar recursos do fundo da Petrobras na Amazônia “não é o caminho mais apropriado”

Bolsonaro afirma que crítica à indicação do filho para embaixada sinaliza “que é a pessoa adequada”

Eduardo ao lado do pai, o presidente da República, Jair Bolsonaro. (Foto: Divulgação)

O presidente Jair Bolsonaro disse, nesta segunda-feira (15), que “juntamente com parlamentares” está resolvendo um problema do Brasil. Além de falar sobre a reforma da Previdência, o presidente comentou sobre a decisão de indicar seu filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), para assumir a embaixada do Brasil em Washington, nos Estados Unidos. Para ele, se a escolha está sendo criticada, “é sinal que é a pessoa adequada”.

Bolsonaro ainda destacou: “Por vezes temos que tomar decisões que não agradam a todos.” A indicação do deputado como embaixador do Brasil foi cogitada por Bolsonaro na semana passada. “O garoto fala inglês, espanhol, tem vivência no mundo todo e é amigo da família do [presidente dos Estados Unidos] Donald Trump”.

Reforma

Sobre a reforma da Previdência, o presidente foi direto. “O Brasil precisa de uma quimioterapia para que ele não pereça. Alguns poucos ainda reagem, mas serão convencidos pelo povo e pela maioria dessa Casa. Deputados, senadores, nós juntos poderemos, sim, mudar o destino do Brasil”, disse Bolsonaro.

Após a aprovação em primeiro turno, a votação em plenário do segundo turno começa após o recesso parlamentar, em 6 de agosto.

Deixe seu comentário: