Últimas Notícias > Notícias > Economia > A Petrobras terá de sair totalmente do mercado de gás natural e vender as ações que detém nas empresas de transporte e distribuição

Bolsonaro afirma que povo está indo às ruas em defesa do futuro da nação

Bolsonaro participou de um culto na Barra da Tijuca. (Foto: Fernando Frazão/ Divulgação Agência Brasil)

Jair Bolsonaro participou de um culto na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, e conversou com os mais de 4 mil fiés que estavam no local. Ele afirmou que a população está indo às ruas neste domingo (26), para defender o futuro do país.

“Hoje, por coincidência, é um dia em que o povo está indo às ruas não para defender o presidente, um político ou quem quer que seja. Ele está indo para defender o futuro desta nação, uma manifestação espontânea com uma pauta definida, com respeito às leis e às instituições, mas com firme propósito de dar um recado àqueles que teimam, por velhas práticas, não deixar que esse povo se liberte”, observou o presidente.

Em seu discurso, Bolsonaro disse que, pela primeira vez na história do Brasil, há um presidente eleito que está cumprindo o que prometeu durante a campanha. Ele também lembrou do acontecimento em que levou uma facada, durante sua campanha e, dirigindo-se ao pastor Josué Valandro Júnior, líder da Igreja, afirmou que não há um dia em que não agradece a Deus por ter sobrevivido: “Se os senhores estão aqui é porque acreditam em Deus. Juntos e somente com a força de vocês nós poderemos governar.”

O presidente agradeceu a confiança e a consideração que muitos tiveram por ele, afirmando ainda que a responsabilidade de conduzir o país é muito grande. “Essa missão Deus me deu e juntamente com vocês, no espírito fraterno, nós chegaremos a um porto seguro. Meus irmãos da Igreja Atitude, brasileiros de todos os rincões dessa nação maravilhosa, vamos juntos, tendo Deus no coração, colocar o Brasil no local de destaque que ele merece. Meu muito obrigado a todos”, concluiu.

O pastor Valandro Júnior chamou o presidente e a primeira-dama ao palco para fazer a oração e os dois, de joelhos, ouviram o pastor que agradeceu a presença de Bolsonaro.

Deixe seu comentário: