Últimas Notícias > Notícias > Brasil > O WhatsApp informa ao Tribunal Superior Eleitoral que não reduzirá o encaminhamento de mensagens antes do segundo turno

Bolsonaro confirma Onyx e mais dois nomes para ministérios

O candidato do PSL em coletiva no Hotel Windsor. (Foto: Reprodução)

Em entrevista coletiva ontem no Rio de Janeiro, o candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, ao lado de apoiadores como a deputada federal eleita Joice Hasselmann (PSL-PR) e os senadores eleitos Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e Arolde de Oliveira (PSD-RJ), afirmou que, se for vitorioso na eleição, nomeará Onyx Lorenzoni (DEM) chefe da Casa Civil, o general Augusto Heleno para a Defesa e o economista Paulo Guedes para a Economia.

Ciro Gomes viaja e fica longe da campanha

Ao contrário do que imaginava o candidato do ex-presidente Lula, Fernando Haddad, o candidato derrotado nas urnas Ciro Gomes (PDT) não vai chefiar a equipe do programa econômico do petista. Ciro embarcou para o exterior, em viagem com a família, e deve ficar fora do País por até duas semanas.

Explicação de Eduardo Leite fica pior

O candidato do PSDB ao governo gaúcho, Eduardo Leite, continua explicando seu apoio sem convicção ao presidenciável Jair Bolsonaro no segundo turno. Ontem, o tucano disse que a declaração de voto “não significa… tem que deixar claro que não é uma adesão às suas ideias, completamente”. Bolsonaro aliás, deve estar preocupadíssimo com esse quase-apoio de Leite.

Governo paga mais R$ 5 mil

O governo gaúcho conseguiu juntar, ontem, mais R$ 254,5 milhões para realizar o pagamento de servidores que recebem até R$ 5 mil líquidos. Com o novo depósito, o governo do Estado alcança 277,6 mil matrículas na folha de setembro, o que representa 81,2% do funcionalismo do Poder Executivo.

Orçamento de Porto Alegre

O prefeito em exercício de Porto Alegre, Gustavo Paim, entregará à Câmara Municipal, na segunda-feira, o projeto de lei do Orçamento da cidade para 2019. A proposta será recebida pelo presidente da Casa, Valter Nagelstein (MDB) e vereadores. Esta semana, a Câmara aprovou a Lei de Diretrizes Orçamentárias, com receita prevista para o ano que vem de R$ 7,616 bilhões e despesa de R$ 8,780 bilhões, projetando um déficit de R$ 1,164 bilhão para o próximo ano.

Hoje, o retorno do horário eleitoral

O horário eleitoral da campanha de segundo turno começa nesta sexta-feira, com a exibição de dois programas de cinco minutos por dia, de segunda a sábado. No rádio, a propaganda entra às 7h e às 13h, enquanto na TV as veiculações são realizadas às 13h e às 20h30min. De acordo com o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Jair Bolsonaro estreia a programação, seguido de Fernando Haddad, por ter obtido mais votos no primeiro turno que o adversário. Além dos blocos fixos, cada candidato terá direito a 12 minutos e 30 segundos, divididos em inserções de 30 segundos ao longo do dia, de segunda a domingo.

Deixe seu comentário: