Últimas Notícias > Capa – Coluna Direita > Os melhores lugares para visitar no Egito

“Já fritei hambúrguer lá nos EUA” afirma Eduardo Bolsonaro sobre qualificações para assumir embaixada brasileira

Se for nomeado embaixador, Eduardo Bolsonaro não vai precisar colocar em prática a habilidade aprendida no intercâmbio. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Durante transmissão ao vivo no Facebook, o presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (11) que há intenção de indicar um dos filhos, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), ao cargo de embaixador do Brasil nos Estados Unidos. Entretanto, o deputado declarou que não recebeu nenhum convite oficial para assumir o comando da Embaixada do Brasil nos Estados Unidos, mas que cumprirá “da melhor maneira” qualquer missão dada a ele pelo presidente. Depois, em entrevista a jornalistas na Câmara, afirmou que está disposto a renunciar ao mandato de deputado para assumir o cargo de embaixador: “se o presidente Jair Bolsonaro me confiar essa missão, eu estaria disposto a renunciar ao mandato”.

Durante entrevista, Eduardo ainda afirmou que tem vivência no país: “Já fiz intercâmbio, já fritei hambúrguer lá nos EUA, no frio do Maine, Estado que faz divisa com o Canadá. No frio do Colorado, numa montanha lá, aprimorei meu inglês. Vi como é o trato receptivo do norte-americano para com os brasileiros. Então acho que é um trabalho que pode ser desenvolvido. Certamente precisaria contar com a ajuda dos colegas do Itamaraty, dos diplomatas, porque vai ser um desafio grande. Mas tem tudo para dar certo” afirmou ele.

Além disso, Eduardo Bolsonaro disse que se sente credenciado para exercer o cargo de embaixador. “Falo inglês, falo espanhol, sou o deputado mais votado da história do Brasil, sou presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara. Eu acredito que as credenciais me dão uma certa uma qualificação”, frisou.

O Brasil está sem embaixador nos Estados Unidos desde abril, quando o diplomata Sérgio Amaral foi transferido da chancelaria para o escritório do Itamaraty, em São Paulo.

Deixe seu comentário: