Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Bolsonaro encomendou a seus futuros ministros que apresentem uma lista de sugestões de primeiras medidas que pretendem implementar no início do ano que vem

Bolsonaro está recrutando um verdadeiro exército de fiscais de urna

Jair Bolsonaro e seu time de advogados na campanha presidencial. (Foto: Divulgação)

A campanha do presidenciável Jair Bolsonaro está recrutando eleitores para que atuem como fiscais no dia da votação. Somente no Ceará, 20 mil pessoas preencheram o cadastro. Quem for considerado apto passará por um treinamento para identificar crimes eleitorais, como boca de urna e compra de votos, além de problemas nas urnas eletrônicas. O candidato do PSL também reforçou sua equipe de advogados. São 20 profissionais que trabalharam para candidatos do PSL nos Estados e agora se concentram na eleição do capitão reformado. As informações são da Coluna do Estadão, do jornal O Estado de S. Paulo.

Lupa

A equipe jurídica de Bolsonaro é coordenada pelo advogado Tiago Ayres. O advogado Aldairton Carvalho, que integra o time, explica que o recrutamento de fiscais se deve aos problemas identificados pela campanha no 1.º turno.

Na linha

O presidente do TRF-4, Thompson Flores, é um interlocutor assíduo de generais que participam da campanha de Bolsonaro. Em janeiro, o tribunal confirmou e aumentou a condenação do ex-presidente Lula no caso do triplex.

Furando o bloqueio

Mantida a atual regra, apenas PT e PSL terão direito a presidir duas comissões temáticas na Câmara dos Deputados. É nos colegiados que se iniciam as votações de projetos de lei e emendas constitucionais.

Juntos venceremos

Para não perder espaço, partidos como PSDB, MDB e DEM, que reduziram muito suas bancadas, serão obrigados a formar blocos partidários. Hoje, essas siglas comandam as comissões mais importantes, como a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Luto

A derrota na eleição presidencial não tirou o humor de Henrique Meirelles (MDB), que colocou R$ 52 milhões do próprio bolso na campanha. A tristeza veio por causa da morte do seu cachorro Tricca, que apareceu na sua propaganda eleitoral.

Anota aí

O PDT nega que tenha pedido cargos para apoiar Haddad. “Não queremos e não participaremos de qualquer governo futuro”, garante a sigla.

Ecumênico

Antes da visita de Fernando Haddad à CNBB, o pastor Silas Malafaia já havia sugerido a Bolsonaro procurar diálogo com outras correntes religiosas, inclusive a católica. Não quer que o presidenciável fique associado apenas aos evangélicos.

É a…

Para conseguir o apoio dos governadores no 2.º turno, governadores aliados têm sugerido a Haddad prometer regularizar a securitização da dívida ativa nos Estados, o que poderia injetar de imediato R$ 200 bilhões na economia.

…economia

A medida serviria como aceno ao mercado também. A ideia é que os recursos sejam destinados para retomar mais de 20 mil obras paradas, muitas delas desde o governo Dilma Rousseff, para gerar empregos. O candidato ainda não disse se vai incorporar a ideia.

CLICK

Na reta final do governo, a primeira-dama Marcela Temer tem intensificado suas atividades. O presidente Temer até atualizou seu Twitter com imagem da mulher.

Muito prazer

O programa eleitoral de rádio e TV recomeça hoje. Bolsonaro, que teve nove segundos no 1.º turno e agora terá 10 minutos por dia, vai dizer que foi pobre na infância e mostrar sua mulher, que é intérprete de libras, e a filha.

Atacar!

Bolsonaro, que ontem recomendou a aliados que não falem com a imprensa, vai destacar na TV propostas polêmicas de seu adversário, como o marco regulatório da mídia. A assessoria de Fernando Haddad disse não saber como será seu programa.

Deixe seu comentário: