Terça-feira, 10 de Dezembro de 2019

Porto Alegre
Porto Alegre
19°
Fair

Política Bolsonaro nega a troca dos ministros da Educação, da Casa Civil e do Turismo

Jair Bolsonaro e o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni

Foto: Agência Brasil
Ao menos 75 nomes foram indicados à Casa Civil, comandada por Onyx Lorenzoni (D), desde março. (Foto: EBC)

O presidente Jair Bolsonaro negou nesta sexta-feira (22) a troca de três ministros do seu governo: da Educação, Abraham Weintraub; do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio; e da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. “Imprensa, vamos desmentir que troquei três ministros, daí a gente conversa, tá ok?”, disse o presidente.

Bolsonaro ainda ironizou: “Tenho a intenção de trocar 24 ministros. Está bom ou não?”. O presidente disse que a intenção de rumores sobre a troca de ministros é “dizer que o governo bate cabeça, vai mal”. “Os números dizem o contrário. A gente está bem na economia, bem na educação, bem na defesa. Tudo foi descontingenciado. Qual a intenção disso? Se eu afundar, afunda o Brasil todo. Vocês vão ‘pro beleléu’ também junto comigo”, disse Bolsonaro.

As declarações do presidente foram dadas em frente ao Palácio da Alvorada. A conta do mandatário no Twitter também trouxe a mesma afirmação: “Não existe qualquer reforma ministerial a caminho, até porque o governo está indo muito bem, apesar dessa banda podre da imprensa”.

Voltar Todas de Política

Compartilhe esta notícia:

Democratas lança pré-candidatura à prefeitura de Alvorada
Bolsonaro: Nunca o Brasil viveu era de normalidade democrática
Deixe seu comentário
Pode te interessar