Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Supremo autoriza Procuradoria-Geral da República a analisar maletas antigrampo apreendidas no Senado em 2016

Bolsonaro visita vice-presidente Mourão e evita responder perguntas sobre o preço do diesel

O presidente foi questionado sobre a interferência na Petrobras e não respondeu aos jornalistas. (Foto: Alan Santos/PR)

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) tirou fotos com um grupo de apoiadores ao deixar o Palácio da Alvorada na manhã deste domingo (14) rumo ao Jaburu, onde mora o vice, general Hamilton Mourão (PRTB). O vice-presidente passou por uma punção no cotovelo no sábado (13).

Na volta para a residência oficial, Bolsonaro parou novamente para fotos, mas não respondeu às perguntas dos jornalistas.

O presidente foi questionado sobre a interferência na Petrobras quanto ao pretendido aumento do preço do diesel e sobre a situação do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio (PSL-MG), acusado por uma correligionária de ter montado um esquema de candidatas laranjas e de tê-la ameaçado de morte.

Os seguranças do presidente orientaram os jornalistas a ficar atrás do grupo de apoiadores. Bolsonaro não respondeu às perguntas, entrou no carro e partiu. Ele estava acompanhado pelo deputado federal Hélio Negão (PSL-RJ).

Na volta ao Alvorada, no começo da tarde, ele novamente parou em frente à portaria para cumprimentar visitantes e, mais uma vez, preferiu não conversar com os jornalistas, que insistiram na questão do preço do diesel. Um repórter chegou a perguntar: “quem manda no governo: o presidente ou o ministro Paulo Guedes?”. A cerca de dois metros dos jornalistas, Bolsonaro continuou tirando fotos.

Punção

O vice-presidente Hamilton Mourão foi ao Hospital das Forças Armadas, em Brasília, no fim da noite de sábado (13) para tratar de uma dor causada por tendinite no cotovelo direito, de acordo com a assessoria da Vice-Presidência.

No hospital, ele passou por uma punção (procedimento para retirar líquido) e foi medicado. Em seguida, voltou para a residência oficial do Palácio do Jaburu, onde passou este domingo (14) em repouso.

Por volta de 11h30min, o presidente Jair Bolsonaro saiu da residência oficial do Palácio do Alvorada para fazer uma visita a Mourão. Os palácios do Alvorada e do Jaburu ficam a uma distância de menos de 5 minutos de carro.

Em sua conta no Twitter, o vice-presidente Mourão escreveu neste domingo que está se recuperando de um procedimento médico. A visita de Bolsonaro a Mourão durou cerca de uma hora e meia.

“Fim de semana afastado do front… Tive de passar por uma punção, ontem, no Hospital das Forças Armadas, para aliviar a dor causada por uma tendinite no cotovelo direito. Estou em repouso, medicado, em companhia da família, com o apoio dos amigos e as orações de todos”, publicou o vice.

Deixe seu comentário: