Últimas Notícias > Notícias > Brasil > O Ministério Público Federal investiga o Facebook por descumprir a quebra de sigilo de um suspeito

BullMark Financial Group abre escritório em Miami

“Já somos uma empresa consolidada no Brasil e, em Miami, vamos contar com profissionais que possuem expertise em América Latina”, explica Renato Nobile, CEO.

 

O BullMark Financial Group, empresa brasileira com oito escritórios no país, mantém sua a expansão e o próximo passo é desembarcar em Miami. A BullMark International inicia a operação no dia 1º de junho com USD 200 milhões de dólares e 135 clientes, entre pessoas físicas e institucionais. Atualmente, atende a mais de 4 mil clientes no Brasil, onde abriu três filiais apenas nos últimos dois anos.

Especializada em gestão de patrimônio e assessoria financeira independente, a BullMark atua no Brasil desde 2008. Este mês, tornou-se a primeira empresa da América Latina a lançar, na bolsa eletrônica norte-americana Nasdaq, um Exchange Traded FundETF, fundos de investimento que são negociados como ações. Com o ETF, a  meta na empresa é captar US$ 100 milhões até o fim deste ano.

“Já somos uma empresa consolidada no Brasil e, em Miami, vamos contar com profissionais que possuem expertise em América Latina”, explica Renato Nobile, CEO. Para Nobile, os clientes de Miami  serão beneficiados por terem uma empresa independente brasileira que irá trazer a diversificação internacional com um atendimento personalizado localmente e 100% de entendimento da necessidade do cliente.

A BullMark tem sede em Brasília e escritórios em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Curitiba, Londrina, Goiânia e Manaus. A empresa fornece soluções personalizadas para indivíduos, famílias e instituições e adere às práticas da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais (ANBIMA). Também é membro colaborador da Associação dos Profissionais do Mercado de Capitais (APIMEC) e, como empresa independente, oferece seus serviços e soluções sem conflitos de interesses.

Deixe seu comentário: