Home > Notícias > Brasil > Começam as inscrições para o Prêmio Petrobras de Jornalismo

Caminhos paralelos

O Brasil precisa se livrar de suas mazelas sem atalhos e rupturas. Pela lei, como juízes, procuradores e policiais íntegros estão fazendo. Pelo voto dos eleitores daqui a um ano e meio.
A combinação perversa de confusão política e paralisia econômica tem altíssimo custo social. O Brasil já perdeu no passado, que não tem volta. Não pode perder o futuro.

RETORNO INCERTO

Entre 2003 e 2015, o BNDES liberou 14 bilhões de dólares para 575 projetos em 11 países da África e da América Latina. A Câmara dos Deputados, que tem 25 comissões especiais, precisa criar mais uma para acompanhar se essa dinheirama voltará ao Brasil.

JAMAIS RECUSOU

A 14 de março de 2007, houve o anúncio de que o PMDB estava aumentando sua participação no governo Lula. De dois ministérios passaria a ter cinco. Conquistou a Agricultura, a Saúde e a Integração Nacional.

GOLPES ÀS PENCAS

Aposentados e pensionistas do INSS estão sendo surpreendidos com descontos não autorizados no contracheque. O mesmo se repete em cobranças de por serviços não contratados na conta telefônica. Todos os dias, vendedores ligam a clientes. Mesmo que ouçam um não, registram a oferta como aceita, porque precisam cumprir metas e o golpe está feito. O resumo é este: olho vivo e atenção permanente nos registros.

SHOWS ORGANIZADOS

A Rua dos Andradas, entre Praça da Alfândega e Marechal Floriano, reúne músicos da manhã à noite. Muitos chamam por instantes a atenção dos que passam. Porém, para os que têm atividades nos edifícios ao longo do trecho, o som estridente torna quase impossível trabalhar. Por isso, o vereador Cassiá Carpes apresentou projeto, criando um palco na esquina da Andradas com Borges, a ser compartilhado pelos artistas que deverão obedecer a um limite de decibéis.

TUDO MUITO DEVAGAR

Nos idos da década de 1970, uma firma holandesa de produtos eletrônicos veio a Porto Alegre para apresentar um sistema de controle computadorizado de sinaleiras que acompanhava o tráfego com informações on line. Não obtiveram êxito. Hoje, a administração do tráfego urbano é uma ciência esquecida. Quem paga são motoristas e passageiros trancados em congestionamentos.

APRENDER A OUVIR

A EPTC deveria ouvir mais os motoristas de táxi. Ninguém conhece tanto o trânsito da cidade e seus gargalos. Não dá para conviver com os problemas para sempre.

CONTRA A EXTORSÃO IMPERIAL

Os 200 anos da Revolução Pernambucana estão sendo assinalados este mês. Sob influência da Queda da Bastilha e da independência dos Estados Unidos, seus líderes queriam a criação de uma República. O estopim foi a cobrança da taxa de iluminação pública para instalar postes no Rio de Janeiro. Recife vivia às escuras, mas os 15 mil integrantes da corte imperial precisavam andar com segurança à noite.
Os propósitos foram idênticos aos da Revolução Farroupilha. A diferença é que o movimento em Pernambuco resistiu por 75 dias. No Rio Grande do Sul, chegou a 10 anos.

RÁPIDAS

* A direção nacional do PDT se especializa em estender o tapete vermelho para a porta de saída.

* Deu no site: “Empresário diz que caixa 2 sempre existiu”. Quer dizer, está incorporado aos usos e costumes.

* Manchete de 13 de março de 2016 não errou: O País se encaminha para a pior recessão da história.

* O jogo político é democrático, mas as jogadas…

Comentários

Notícias Relacionadas: