Candidato, Aldo Rebelo cita o Grande Tribuno Gaúcho

(Foto: Reprodução)

Pré-candidato à presidência, agora pelo Solidariedade, o ex-ministro Aldo Rebelo, um profundo conhecedor da história riograndense menciona uma frase do Grande Tribuno liberal, Gaspar Silveira Martins: “Idéias não são metais que se fundem”. Ninguém compreendia como um homem com a cultura e o sentido de democracia de Rebelo, foi capaz de permanecer tanto tempo no PCdoB, o Partido Comunista do Brasil, saiu para o PSB como alternativa para disputar a presidência da República, mas deixou o partido quando o ex-ministro do STF Joaquim Barbosa chegou.

PSB desencontrado

O episódio de Aldo Rebelo demonstra que não é só no Rio Grande do Sul que o comando PSB anda desorientado e sem noção, após o inicio do processo de achincalhamento do seu principal nome, o ex candidato a vice-presidente da República Beto Albuquerque. Em Brasília, o comando do PSB encantou-se com o ex-ministro Joaquim Barbosa numa relação que pode durar até este final de semana ,ou por alguns anos. Tudo é possível em se tratando do temperamento de Joaquim Barbosa. Se durar no partido até outubro, pode ser candidato à presidência da República.

Lei Rouanet terá regras mais claras

O projeto não é novo, foi protocolado ainda em 2017, mas rendendo muita polêmica. Trata-se do projeto de lei do senador gaúcho Lasier Martins (PSD), proibindo a concessão de incentivos da Lei Rouanet a projetos culturais que incitem a prática de crimes ou atentem contra a moral pública. O texto também proíbe a concessão do incentivo fiscal a projetos que possuam viabilidade comercial. A possibilidade de que uma audiência publica seja marcada em maio no Senado para exame do projeto, reacendeu a polêmica sobre o seu conteúdo.

Reina silêncio na CUT

O que mais chama a atenção no esquema de desvio dos fundos de aposentadoria dos Correios – o Postalis – e do Serpros, alvos da Operação Rizoma, da Polícia Federal, é o silêncio da CUT e dos sindicatos. O esquema beneficiava o PT e o PMDB. Os trabalhadores destas empresas passaram a pagar uma contribuição adicional para cobrir o rombo, mas pelo silêncio dos sindicatos, parecem não estar preocupados com isso.

Verdade

Os partidos de esquerda criticam as decisões do Supremo Tribunal Federal e do Superior Tribunal de Justiça de encaminhar processos de caixa 2 para a Justiça Eleitoral, que beneficiam ao ex-governador Geraldo Alckmin e o senador Aécio Neves.

Verdade inteira

No entanto, as mesmas esquerdas omitem que o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, preferido do ex-presidente Lula para a disputa presidencial pelo PT, também foi beneficiado por idêntica decisão.

Mais recursos para Saúde,educação e segurança

O deputado Alceu Moreira (PMDB) quer a votação imediata do seu projeto que altera a destinação dos recursos e objetos apreendidos em operações de combate à lavagem de dinheiro. Pela lei atual, os valores vão para o caixa único da União. Pelo projeto de Alceu, seriam divididos em parcelas de 25% para saúde, 25% para educação, 25% para segurança e 25% para atividades da Polícia Federal. A medida tem parecer favorável na Câmara e apoio de associações ligadas à Polícia Federal.

Deixe seu comentário: