Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > A Argentina investiga se houve uma explosão no local onde o submarino desapareceu

A cantora Mariah Carey foi acusada de assédio por um ex-segurança

Homem alega que também foi humilhado pela estrela. (Foto: Reprodução)

Um ex-segurança de Mariah Carey, que trabalhou com a cantora de junho de 2015 a maio de 2017, quer processá-la por discriminação e assédio sexual. As informações são do site TMZ. Michael Anello, dono da empresa de segurança que prestou serviço à cantora, alega que foi humilhado pela estrela.

Anello afirma que Mariah o chamou de “nazista”, “skinhead” e “supremacista branco”. O documento, preparado pelo advogado do ex-segurança, também diz que “a cantora queria estar cercada de pessoas negras, e não brancas”.

A cantora também é acusada de assediar Anello sexualmente, ao “performar atos sexuais com a intenção de que eles fossem vistos” pelo ex-segurança. Ele alega que, durante uma viagem para Cabo San Lucas, no México, Mariah o chamou para ir ao seu quarto para mover as malas. Quando chegou lá, a cantora estava usando uma camisola transparente, que estava aberta. Anello afirma que não houve contato físico e que tentou sair do quarto, mas Mariah insistiu que ele movesse a bagagem de lugar.

A estrela estaria devendo cerca de 200 mil dólares para Anello. No processo, o homem ainda afirma que Mariah prometeu a ele mais dois anos de contrato, mas não cumpriu, o que resultaria em US$ 511 mil dólares, cerca de 4,6 milhões de reais para a empresa.

O site afirma que a equipe de Mariah Carey não tem conhecimento da acusação de assédio sexual e que está negociando a quebra de contrato com o advogado do ex-segurança.

Mansão

Os ladrões de Los Angeles, nos EUA, têm um gosto refinado para marcas. No mês passado, a mansão da cantora Mariah Carey foi invadida por bandidos que levaram cerca de US$ 50 mil (R$ 160 mil) em bolsas, óculos e acessórios – mas nenhuma joia.

Segundo o site  “TMZ”, a cantora estava em Nova York quando o assalto ocorreu e a casa estava vazia. Os ladrões devem ter entrado por uma janela ou porta no andar de cima, já que uma escada foi encontrada nos fundos da casa.

O valor roubado, no entanto, pode se resumir à uma dezena de objetos, uma vez que Carey não economiza quando o assunto é assessório de luxo. Bolsas de grifes, por exemplo, podem atingir valores na casa dos cinco dígitos.

Embora os assaltantes tenham disparado um alarme silencioso, a equipe de segurança da mansão só percebeu o ocorrido por volta das 7h da manhã. Além de Mariah Carey, outras celebridades foram assaltadas este ano. Estão na lista o compositor Jason Derulo e a cantora Alanis Morissette.

Vestido

Alguns meses após o fim do noivado com James Packer, Mariah Carey lançou “I Don’t”, em parceria com o rapper YG, cuja letra fala justamente sobre o relacionamento. No clipe,  a cantora literalmente queima seu vestido de noiva, avaliado em mais de 250 mil dólares (cerca de 777 mil reais).

Mariah ganhou o vestido de seu ex-noivo, bilionário australiano considerado um dos homens mais ricos do país. O vestido é o mesmo que ela experimentou no primeiro episódio de seu reality show. O casal terminou em outubro, em meio a boatos de uma suposta traição de Mariah e crises de ciúmes de Packer.

Deixe seu comentário: