Últimas Notícias > | > O preço ainda limita a venda de carros elétricos no Brasil

Carro elétrico será mais barato do que um carro a gasolina em menos de 10 anos

Chevrolet Bolt é opção de elétrico com menor custo. (Foto: Reprodução)

Em breve comprar automóveis movidos a bateria elétrica será mais barato do que adquirir um modelo convencional a gasolina, proporcionando economia imediata aos motoristas. É o que aponta uma nova pesquisa da Bloomberg New Energy Finance, empresa sediada em Londres.

Segundo a companhia, a queda dos custos da bateria, comprar um veículo movido a eletricidade ficará mais em conta nos Estados Unidos e na Europa já em 2025. Atualmente as baterias representam cerca de metade dos custos de produção de carro “verde”, mas esses valores devem cair cerca de 77% até 2030, de acordo com a pesquisa.

“Em termos de pagamento inicial esses carros começarão a ficar mais baratos e as pessoas começarão a adotá-los mais à medida que os preços se aproximarem da paridade”, disse Colin McKerracher, analista da empresa. “Depois disso eles serão ainda mais atraentes”, acrescentou.

Um cai, outro sobe

Fabricantes como Renault e Tesla há tempos elogiam os gastos menores com abastecimento e manutenção dos elétricos.

Por enquanto, tal economia servia apenas como argumento para compensar os preços iniciais elevados de automóveis com zero emissão. Com a iminente equivalência de etiquetas de compra, a tendência é que haja um “boom” na demanda por “carros verdes”.

Segundo Gilles Normand vice-presidente sênior para veículos elétricos da Renault, que fabrica o elétrico Zoe, prevê que os custos totais de propriedade dos veículos elétricos serão iguais aos dos veículos com motores de combustão interna já em 2020.