Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > Dupla Gre-Nal une-se em campanha de incentivo à adoção

Preso em São Gabriel o casal que praticava o “golpe do bilhete” e que movimentou mais de três milhões de reais

Além das prisões, um imóvel, avalizado em 2 milhões de reais, foi sequestrado e uma lancha e três veículos foram apreendidos. (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

A Polícia Civil desencadeou a terceira fase da peração Pólis, no combate ao crime de estelionato na manhã desta segunda-feira (14).

Durante as ações, realizadas pela por meio da Draco (Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas) de Passo Fundo, foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão e um casal foi preso preventivamente pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa. Além das prisões, um imóvel, avalizado em 2 milhões de reais, foi sequestrado e uma lancha e três veículos foram apreendidos.

Segundo o delegado Diogo Ferreira, entre anos de 2013 e 2015, o casal movimentou em suas contas correntes quase um milhão de reais, dinheiro esse, na sua grande maioria, depósitos, transferências de valores oriundos de estelionatos do conto do bilhete.

“Estima-se que desde que começaram a aplicar golpes até os dias atuais, o casal movimentou com o golpe do bilhete mais de 3 milhões de reais. Mesmo após a deflagração da 1ª fase da operação os indivíduos continuaram a praticar diversos estelionatos no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, inclusive sendo presos em flagrante”, salientou o delegado.

O mandados de prisão foram cumpridos em São Gabriel. Quando os policiais civis foram cumprir o mandado de prisão preventiva da mulher, que já estava recolhida no presídio do município,  pela prática de um outro golpe do bilhete, avistaram seu companheiro saindo da unidade prisional, momento em que foi preso. O imóvel sequestrado está localizado em Passo Fundo, no bairro Vila Luíza.

Deixe seu comentário: