Últimas Notícias > Notícias > Mundo > Manifestantes são dispersados com gás lacrimogêneo em Hong Kong em novo dia de protestos

Chelsea Manning volta à prisão

A ex-militar norte-americana Chelsea Manning, fonte de um dos vazamentos de documentos confidenciais do governo dos EUA ao WikiLeaks, voltou à prisão na quinta (16) por se recusar, mais uma vez, a prestar depoimento diante de um júri. De acordo com a agência Associated Press, Manning vai ficar presa até que ela resolva depor ou até expirar o prazo de 18 meses determinado pela Justiça.

Deixe seu comentário: