Últimas Notícias > Atividades Empresariais > 25° Congresso Gaúcho de Rádio e Televisão reúne dirigentes dos principais veículos e órgãos de comunicação do País

CNPq reduz 87% da verba para equipamentos e materiais de pesquisa em 2020

(Foto: Marcos Santos/USP Imagens)

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) vai perder 87% da verba de fomento à pesquisa em 2020, segundo a proposta orçamentária do governo. Esse recurso é usado para custear insumos, reagentes, equipamentos, laboratórios, entre outros materiais de trabalho.

Em 2019, a verba autorizada para essa finalidade foi de R$127,4 milhões. A cifra despencou para R$16,5 milhões no projeto enviado pelo presidente Jair Bolsonaro ao Congresso.

No caso da rubrica para pagar as bolsas mantidas pelo CNPq, os recursos em 2020 vão aumentar 27,4%. A previsão é de R$1 bilhão, ante R$784,7 milhões definidos neste ano — valor que foi suficiente para custear o pagamento dos cerca de 80 mil bolsistas apenas até setembro, como informou o ministro da Ciência e Tecnologia Marcos Pontes.

São necessários R$330 milhões a mais para honrar as bolsas até dezembro, chegando a R$1,1 bilhões de orçamento total. Portanto, mesmo o R$1 bilhão destinado para essa finalidade no ano que vem se mostra aquém do necessário para manter o mesmo patamar de incentivos.