A incultura de um país e seu prejuízo: por que odiamos garantias jurídicas?

Tarde da noite, zapeava pela TV dia desses e me deparei com um programa de entrevistas em um canal de Porto Alegre. Os convidados: um promotor, um advogado e um vereador, casualmente, advogado. A opinião do apresentador “fechava” com a do vereador e a do advogado-vereador. O tema era a lava...

Usuários uni-vos: vamos para a desobediência civil!!!

Tempos de comunicação de excesso. Informação demais é informação de menos. Depois que inventaram o 0800, depois transformado em 0300 ou 0400, o passo seguinte foi excluir até mesmo o telefone dos sites das empresas. É proibido você telefonar e tirar satisfação das empresas irresponsáveis e que maltratam os usuários. Isso...

A CCR Via Sul cobradora de pedágio roubou… o meu tempo

Há várias formas de lesar pessoas. Há uns que são roubados por assaltantes. Há outros que são roubados por empresas que exploram serviços públicos: trata-se de um roubo especial, uma sacanagem, um escarnio, um vilipêndio. Vou contar aqui o modo como uma empresa que explora concessão pública trata as pessoas. Falo...

A servidão voluntária nas redes sociais e a proibição de meu livro!

Em 1548 foi publicado, depois de sua morte, um dos livros mais impactantes já escritos: falo de O Discurso da (ou sobre a) Servidão Voluntária, de Étienne de La Boétie, escrito aos 18 anos. Escrito inicialmente como um panfleto, tornou-se um “tratado” acerca da dominação e do “medo à liberdade”. Diz...

Ciclistas na perimetral – socorro, prefeitura! E eu quero um café

Já escrevi uma coluna sobre essa aberração que são ciclistas aos domingos correndo – voando – na perimetral. Um perigo. Domingo de novo quase fui atingido por um bólido dirigido por um sujeito todo vestidinho de calça apertada e capacete ridículo, querendo mostrar que é muito macho, ziguezagueando entre a...

O louco de palestra, de sites e de face book: o típico néscio

Em palestras (e nas redes sociais) aparece todo tipo de louco. O clássico é o que “faz uma colocação” e toma conta da conversa. Ele quer mostrar que sabe... do que o palestrante e que o restante da malta presente. Em alguns casos, até sabe mais do que o conferencista. No...

Professor de direito expulsa aluno no primeiro dia de aula!

Professor de direito expulsa aluno no primeiro dia de aula! Primeiro dia de aula, o professor de Introdução ao Direito (ou teria sido de hermenêutica?) entrou na sala e a primeira coisa que fez foi perguntar o nome a um aluno que estava sentado na primeira fila: - Qual é o seu...

A inconstitucionalidade “chapada” da renovação da votação do IPTU

Ao que entendi até agora, a Câmara de vereadores de Porto Alegre deseja renovar a votação do IPTU porque houve menos do que três votos de diferença na aprovação, conforme estabelecido no artigo 196 do Regimento Interno do parlamento municipal. O que diz o dispositivo? “O processo de votação poderá...

Para você ganhar um milhão, uma pessoa deve morrer. Você aceita?

Vivemos tempos de anti-intelectualismo. A ciência é considerada obstáculo. Em um livro distópico, Alasdair MacIntyre fala do triunfo do Know Nothing, o saber nenhum. É evidente que o Know Nothing se retroalimenta nas redes sociais. Os grupos de WhatsApp são o ninho preferido para o desenvolvimento de todo e qualquer tipo...

Galera, onde tem blitz?

As redes sociais revelam a ambiguidade fundamental de nossa condição. Democratizam o acesso à informação, mas também permitem a disseminação de todo tipo de boato e notícia falsa; aumentam muito a possibilidade de diálogo e troca intersubjetiva, mas também reduzem a linguagem, em sua sagrada complexidade, a emojis (repristinando os...