Últimas Notícias > Colunistas > Grito sindical

Com 10 em campo e gol de Damião, o Inter venceu o Brasil de Pelotas no Beira-Rio

D'Alessandro cobrou falta do lado esquerdo da área e colocou a bola na cabeça de Leandro Damião. (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

Apoiado pela sua torcida no Beira-Rio, o Internacional bateu o Brasil-Pel por 1 a 0 na noite dessa segunda-feira e chegou à nona vitória consecutiva em seus domínios. Leandro Damião marcou o gol no final do primeiro tempo da partida válida pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Logo na arrancada da etapa final, Eduardo Sasha foi expulso. Agora com 57 pontos, o Inter abriu seis de distância em relação ao vice-líder América-MG, que tem uma partida a menos que será disputada somente no próximo final de semana.  O Colorado parte para dois jogos fora de casa: contra o Boa Esporte-MG, no dia 17, e diante do Criciúma, no dia 21.

Truncado

Diante de quase 25 mil torcedores, o Inter tomou a iniciativa na partida desde os primeiros minutos. O time de Guto Ferreira tinha mais posse de bola, criava jogadas ofensivas, mas esbarrava no ferrolho armado pelo Xavante. A forte marcação apresentada por ambas as equipes também deixava o duelo truncado, com muitas faltas e alguns desentendimentos entre jogadores. Foram distribuídos oito cartões amarelos somente no primeiro tempo, cinco deles para atletas adversários.

Aos 10 minutos, William Pottker recebeu lançamento, invadiu a área e chutou para a defesa parcial de Marcelo Pitol. No rebote, Pottker tentou novamente, mas, já sem ângulo, acabou finalizando para fora. Aos 30 minutos, Pottker, novamente, disparou de fora da área, mas a bola ganhou muita elevação. O Brasil-Pel se limitava aos contra-ataques, como aos 36 minutos, em chute de João Afonso que foi defendido por Danilo Fernandes.

No final da etapa, o Colorado foi para cima com ainda mais intensidade. Aos 44 minutos, D’Alessandro cobrou escanteio, Víctor Cuesta desviou de cabeça e a bola bateu no poste antes de sair pela linha de fundo. Já nos acréscimos, aos 50 minutos, o Inter chegou ao gol. D’Alessandro cobrou falta do lado esquerdo da área e colocou a bola na cabeça de Leandro Damião, que se antecipou à marcação e desviou com qualidade para fazer 1 a 0.

Expulsão

Aos 6 minutos do segundo tempo, em uma disputa pela bola no meio-campo, Eduardo Sasha acabou acertando um chute em Éder Sciola e foi expulso. Apesar da desvantagem numérica em campo, o Inter criou diversas oportunidades claras de gol.

Aos 13 minutos, Leandro Damião chutou cruzado, com força, e a bola explodiu no poste direito. O Brasil-Pel ameaçou somente aos 27 minutos, em chute de Rafinha que Danilo Fernandes defendeu com segurança. A resposta colorada foi imediata: Pottker entrou na área pelo lado direito e chutou rente à trave esquerda. Aos 31 minutos, foi a vez de Cláudio Winck acertar a trave.

Internacional (1): Danilo Fernandes; Cláudio Winck, Danilo Silva, Víctor Cuesta e Uendel; Charles, Edenilson e D’Alessandro (Camilo); William Pottker, Leandro Damião (Nico López) e Eduardo Sasha. Técnico: Guto Ferreira.

Brasil-Pel (0): Marcelo Pitol; Éder Sciola, Leandro Camilo, Teco e Marlon; Leandro Leite, João Afonso (Rafinha), Calyson e Marcinho; Misael (Juninho) e Lincom (Cassiano). Técnico: Clemer.

Gol: Leandro Damião (I), aos 50min do primeiro tempo.

Cartões amarelos: William Pottker, Víctor Cuesta, Edenilson (I); Marlon, Calyson, João Afonso, Marcelo Pitol, Marcinho, Teco, Leandro Camilo, Leandro Leite (B). Expulsão: Eduardo Sasha (I).

Deixe seu comentário:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.